Coleção de luxo da Capela Sistina revela beleza em detalhes e custa US$ 22 mil

Sem a visita de milhares de pessoas, e com os espaços confinados, obras como a Capela Sistina ficaram longe do público por bastante tempo durante a pandemia do novo coronavírus. Para reduzir as distâncias, o Vaticano lança neste mês uma edição de luxo que documenta cada centímetro da sala pintada por Michelangelo.

Com volumes pesando cerca de 11 quilos, Capela Sistina traz fotos em alta resolução, registradas por fotógrafos, que revelam manchas de tinta e imperfeições de gesso no afresco. Publicada pela editora italiana Scripta Maneant, em parceria com a Callaway Arts & Entertainment, de Nova York, a coleção custa US$ 22 mil.

Os 1.999 exemplares (600 em inglês) são encadernados em seda e couro de bezerro branco, e costuradas à mão. A versão em italiano já está esgotada. O preço nada singelo tem explicação. Parte dos lucros será transferida para a conservação dos museus do Vaticano, segundo reportagem da The Economist.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *