Com investimento de R$ 12 milhões, edital Rumos contempla 91 projetos artísticos

Com cerca de R$ 12 milhões de recursos, o edital Rumos anunciou nesta quarta, 16, grupos artísticos e projetos contemplados em coletiva do Itaú Cultural.

Com mais de 11 mil inscritos, de todos os estados brasileiros, São Paulo participa com 17% dos contemplados, em diversos recortes de linguagem, nas artes visuais, teatro, cinema, literatura, circo, tecnologia, gastronomia, games, moda, entre outros.

Em tempos ainda pandêmicos, o diretor da instituição, Eduardo Saron, afirma que o formato do edital levou em conta a produção dos projetos em ritmo de quarentena. “O desafio foi que os projetos pudessem ser tocados em um período de pandemia que se estende pelo país.”

No começo da pandemia, lembra Saron, as iniciativas artísticas carregavam dificuldades técnicas e mesmo problemas de qualidade. Após mais de oito meses, o interesse por novos formatos e abordagens também estão contemplados no Rumos. “Os artistas tocaram projetos que já estavam em andamento ou iniciaram novas coisas. Daqui para a frente, os produtos digitais podem se expandir para novos modelos e também serem monetizados.”

Entre os contemplados em São Paulo, está o projeto Caminho da existência: Carlos Cachaça, Cartola, Nelson Cavaquinho, de Eliete Eça Negreiro e Inéditos da dramaturgia de Guarnieri e a produção cultural crítica no Brasil a partir dos anos 1950, de Ligia Rodrigues Balista.

Para conhecer a lista de contemplados, acesse o site do Itaú Cultural.