‘Esperamos um cenário favorável’, diz curador do Coala Festival

O Coala Festival chega à sua oitava edição nos dias 11 e 12 de setembro de 2021, no Memorial da América Latina, em São Paulo, apostando num cenário mais favorável em relação a aglomerações e condições sanitárias. O evento vai tomar lugar no mesmo fim de semana do Lollapalooza Brasil, no Autódromo de Interlagos, e duas semanas antes do início do Rock in Rio, complicando a agenda e o bolso do fã de música ao vivo.

Mas quem for escolher somente pela questão financeira, o Coala será a opção mais em conta: começa nesta terça a venda do primeiro lote de ingressos, com opções de R$ 80 (meia-entrada para um dia), R$120 (ingresso solidário, com doação de 1kg de alimento) e R$ 165 (dois dias do festival) no site Total Acesso.

Sobre a questão sanitária, o curador e sócio do Coala, Gabriel Andrade, explica: “Assim como em 2020, vamos seguir todas as recomendações com foco na segurança do público, dos artistas e da nossa equipe”, disse. “Estamos acompanhando tudo de perto e, se necessário, preparados para corrigir a rota, mas trabalhando na expectativa de um cenário mais favorável em setembro de 2021.”

Há quatro vacinas contra a covid-19 com testes de fase 3 em andamento no País, condição necessária para que a Anvisa possa analisar os pedidos de uso emergencial, que ainda não ocorreram. Ainda não há um plano de vacinação totalmente garantido, e não se sabe se mesmo com as vacinas haja uma regulamentação sobre grandes eventos e aglomerações.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.