Festival Varilux de Cinema Francês apresenta “Slalom” ao público brasileiro

O drama “Slalom”, deCharlène Favier, é destaque na programação da edição 2020 do Festival Varilux de Cinema Francês, que acontece até 3 de dezembro nos cinemas de todo o país. Dirigido por Charlène Favier, o filme acompanha a história de Lyz (papel de Noée Abita), que aos 15 anos integra a equipe de esqui de um clube de elite da França, conhecido por preparar futuros atletas profissionais. Ela treina como uma estrela profissional, mas após acumular conquistas fica abalada com a pressão e o domínio exercido por Fred, seu rigoroso treinador (Jérémie Renier). 

Por conta do intensivo treinamento, Lyz e Fred estão juntos o tempo todo. Ele é um dos poucos adultos presentes em sua rotina, uma vez que a jovem tem um pai ausente e um relacionamento conturbado com a mãe. Sob o ponto de vista da atleta, submetida a um intenso e contínuo estresse físico e psicológico, o público ganha uma história íntima e com muitas nuances, tratada com franqueza e rigor. O trailer pode ser conhecido pelo link: https://youtu.be/tc2VAOxunlg

Filme de estreia da diretora Charlène Favier, a produção é também inspirada na experiência pessoal da diretora que, durante a juventude, praticou esportes de alto nível e foi vítima de abuso. Com a produção, ela leva às telas, com delicadeza e sensibilidade, um tema relevante dentro do ambiente esportivo e da sociedade atual.

Finalizado em 2020, o drama integrou a seleção da última edição do Festival de Cannes. Foi escrito em 2014, antes do #MeToo – movimento iniciado via twitter pela atriz Alyssa Milano em 2017, quando publicou um pedido para que todas as pessoas que já tivessem sofrido assédio sexual usassem a hashtag – e de outros escândalos dentro do mundo do esporte. Favier entrevistou jovens atletas e seus pais para construção do longa-metragem. A distribuição é da Vitrine Filmes.

Materiaishttps://drive.google.com/drive/folders/1kvvkFND04kjZZcVIrwNd0RtM7A16IxGA?usp=sharing

Programação completahttp://variluxcinefrances.com/2020

O Festival Varilux de Cinema Francês 2020

Um clássico e 17 longas-metragens inéditos e recentes (2019/2020) da cinematografia francesa integram a seleção do Festival Varilux 2020 que será realizado nos cinemas de todo país. Entre eles, um documentário e 17 longas de ficção com gêneros como comédia, drama e animação. Ainda não há um número definido de cidades e de cinemas participantes. Devido à pandemia do novo coronavírus, alguns exibidores terão a opção de programar o festival em datas diferentes – até o final de fevereiro de 2021. O importante, de acordo com a Bonfilm, produtora do evento, é que as produções cheguem ao público em todo Brasil e contribuam para a retomada dos cinemas do país. O evento é realizado pela produtora Bonfilm e tem como patrocinador principal a Essilor/Varilux, além do Ministério do Turismo, Secretaria Especial de Cultura; a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura. Outros parceiros importantes são a rede das Alianças Francesas em todo Brasil, a Embaixada da França no Brasil, as distribuidoras dos filmes – Bonfilm, Bretz/ MyMamma, California Filmes, Diamond Films, Vitrine Filmes e Zeta Filmes – e os exibidores de cinema independente/de arte e as grandes redes de cinema comercial.

Da Assessoria