Painéis trazem fotos da SPFW

O fotógrafo e artista plástico Felipe Morozini imergiu no acervo de 500 mil fotos e vídeos da Semana de Moda de São Paulo (SPFW) com a missão de escolher registros que mostrassem a transversalidade da moda em diversas áreas criativas – design, maquiagem, cenografia, entre outras. O resultado desse mergulho em 25 anos de história é a intervenção artística Moda Ocupação Outros Olhares, composta por dez imagens feitas a partir de colagem digital.

Os painéis de dez metros de largura por dois de altura foram fixados com a técnica lambe-lambe e se incorporam à paisagem da capital paulista em ruas e avenidas, como a Augusta, Consolação, Vergueiro, Liberdade e Rebouças. “Eles estão dialogando com outros artistas da cidade nessa escala grandiosa”, disse Morozini.

Mais uma vez, esta edição da semana de moda vai para o espaço público durante a pandemia do novo coronavírus. “Não é um convite para as pessoas virem para a rua, mas é uma maneira de integrar a arte na rotina daqueles que não têm o privilégio de ficar em casa”, afirma o fotógrafo. Fazem parte das obras QR Codes que dão acesso à transmissão digital.

Outro tema latente da entrada do evento para a fase adulta é a diversidade. Tanto que nesta edição começou a vigorar a cota que obriga que 50% dos modelos das apresentações devem ser afrodescendentes, indígenas ou asiáticos. É possível perceber como as preocupações com a equidade racial e de gênero permearam a concepção dessa intervenção. Assim como Paulo Borges, fundador e diretor criativo da SPFW, Felipe Morozini faz questão de dialogar sobre esses assuntos. “Anos atrás não se falava dos assuntos que se fala hoje. Ver um painel que chama Transformar, com oito modelos trans, é de um poder tão grande, ver essas pessoas enormes na rua”, disse o artista plástico.

Para Felipe, mais do que ter a intenção de abordar questões que podem ter sido historicamente negligenciadas, existe a procura por reparação. “Se alguma injustiça foi feita no passado por alguma marca ou por algum estilista, se alguém ficou escondido, agora um artista tenta colocar todos em um lugar que é a rua”, afirma, sobre a iniciativa. “É muito honesto. É emocionante.”

Comemoração de 25 anos

A organização da semana de moda mais importante da América Latina escolheu celebrar a “força do verbo” neste aniversário. Seguindo essa temática, as instalações fotográficas chamam-se Construir, Transformar, Conectar, Ocupar, Provocar, Inspirar, Reconhecer, Criar, Acreditar e Manifestar.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *