Tina Turner se despede da vida pública em documentário

Tina Turner se abre sobre seu passado conturbado e seu convívio com o transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) no novo documentário Tina, filme que a estrela do soul e do rock diz ser seu ato final na vida pública antes de sair de cena.

A exibição está programada para o sábado, 27, nos EUA. Girando em torno de uma entrevista reveladora da artista de 81 anos, depoimentos de pessoas que a conhecem e material de arquivo, o filme acompanha a ascensão da cantora, da autodenominada “menina dos campos de algodão” ao estrelato musical global.

“Não foi uma vida boa”, diz Tina nas cenas de abertura do documentário, que se divide em cinco capítulos, começando com a Parte 1 – Ike e Tina.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.