Celebração de Domingo de Ramos marca início da Semana Santa

0 41

O Domingo de Ramos, dentro das celebrações da Igreja Católica Apostólica Romana, marca o início da Semana Santa. Considerado o momento mais importante no cristianismo é a preparação para a Páscoa, é a ressureição de Cristo.

A celebração de Domingo de Ramos marca a entrada de Jesus em Jerusalém montado em um jumento (simbolizando a humildade). O povo aplaudiu Jesus; Ele foi aclamado como o salvador, como Aquele que veio em nome do Senhor.

Segundo o bispo da Diocese de Toledo, dom João Carlos Seneme. “A Semana Santa nos prepara para os elementos fundamentais da nossa fé que se encontram no Tríduo Pascal – centralizado na ressureição de Cristo”.

Dom João cita que durante a Semana Santa os cristãos leem a narração da paixão do Senhor para que depois os cristãos possam reviver com Ele ressuscitado no Sábado de Aleluia. “É realmente um momento de grande participação para acompanhar Jesus neste período”, cita ao reforçar que é no Domingo de Ramos que ele é conhecido como salvador e essa manifestação Dele é entrando na cidade como um humilde rei.

RAMOS QUE VIRAM CINZAS – Sobre a celebração de Domingo de Ramos, o bispo explica que a benção dos ramos é acompanhada pela procissão; após esse ato, os fiéis entram na igreja e participam da celebração e levam os ramos para as casas. Ele cita que esses mesmos ramos são transformados em cinzas que na missa de Quarta-feira de Cinzas – do próximo ano – é colocada na cabeça dos cristãos.

DEMAIS CELEBRAÇÕES – Com a redução dos casos de Covid-19 e os novos decretos, as atividades presenciais foram retomadas e, dessa forma, os ritos da igreja voltam a acontecer. Durante a Semana Santa outras celebrações acontecem como forma de convidar os cristãos a estarem preparados para receber o Cristo ressuscitado.

Da Redação

TOLEDO

Com informações da Assessoria

Deixe um comentário