Acontece 23/06/2020

Recordista
O Guinness World Records™, autoridade mundial em quebra de recordes, confirma que o curitibano Gui Khury  fez história ao se tornar o primeiro skatista a realizar a manobra 1080 graus no vertical, ou três giros completos no ar na pista vertical. Gui Khury, de onze anos, se dedicou a treinar a manobra durante o fechamento das escolas no Brasil devido a pandemia de Covid-19. O treinamento era feito em uma rampa construída especialmente para ele, no jardim da casa de sua avó, em Curitiba.

Sonho
Seguindo os protocolos de distanciamento social, Raquel Assis, Adjudicadora do Guinness World Records, apresentou oficialmente os títulos de recorde ao Gui em uma apresentação remota. Ao receber os certificados do Guinness World Records emoldurados, em Curitiba, Gui disse: “Ser recordista do Guinness World Records sempre foi um sonho para mim! Se um dia eu tiver a chance de aconselhar qualquer outra criança no mundo que gostaria de bater um recorde ou seguir suas paixões, eu diria, se você quer fazer algo, acredite e você poderá fazer”.

Próximo
O jovem skatista pretende continuar tentando quebrar recordes. Ele já tem o próximo objetivo: um ‘1260’ em rampa vertical, ou 3,5 giros no ar.  “É realmente impressionante ver a dedicação e a paixão do Gui pelo skate. Suas habilidades e seu foco fizeram com que ele conseguisse conquistas históricas no esporte. Foi um grande prazer apresentar-lhe os títulos de recordista”, acrescentou Raquel Assis. Para ler mais sobre incríveis histórias de recorde, visite: www.guinnessworldrecords.com.br

 

Três Fronteiras
As tradicionais apresentações culturais do Marco das 3 Fronteiras, em Foz do Iguaçu, foram repaginadas e agora são realizadas antes e depois do pôr do sol, seguindo os melhores protocolos de proteção e saúde para os artistas e visitantes. As intervenções artísticas são apresentadas ao público de terça-feira a domingo, a partir das 17h30.

 

Voos
A pandemia de Covid-19 causou um efeito maior em viagens aéreas do que qualquer outro evento da história moderna. Para ajudar a entender melhor este impacto, o Kayak está lançando um centro de dados que mostra as tendências de busca de voos dos consumidores, desde o início da pandemia até hoje. As tendências de pesquisa contam a história de uma quase paralisação nas viagens aéreas, os primeiros sinais de recuperação e o surgimento de novas tendências de pesquisa de viagens por parte do consumidor.

 

Dados
O painel foi projetado para oferecer informações sobre tendências globais de pesquisa de voos (uma visão diária de como o Covid-19 impactou essas pesquisas em todo o mundo em relação ao mesmo dia do ano passado). É possível verificar tendências de pesquisas domésticas versus internacionais além de tendências de pesquisa por cidade de destino (incluindo cinco cidades em destaque com os maiores picos e declínios nas pesquisas). Os dados serão atualizados todo domingo, até o final do ano.

 

Solução caseira
Os brasileiros estão buscando destinos com mais contato com a natureza, como Foz do Iguaçu (26%), e destinos de praia, como Porto Seguro (+54%), na Bahia, e Recife (+13%), em Pernambuco. Grandes cidades domésticas como o Rio de Janeiro e São Paulo parecem ter uma demanda muito fraca como destino. Já fora do Brasil, as pesquisas de viagens domésticas nos EUA, Europa e Ásia-Pacífico estão crescendo a uma taxa mais acelerada do que as pesquisas internacionais. Austrália, Espanha, Estados Unidos e França estão vendo as maiores mudanças.

 

Voos
A pandemia de Covid-19 causou um efeito maior em viagens aéreas do que qualquer outro evento da história moderna. Para ajudar a entender melhor este impacto, o Kayak está lançando um centro de dados que mostra as tendências de busca de voos dos consumidores, desde o início da pandemia até hoje. As tendências de pesquisa contam a história de uma quase paralisação nas viagens aéreas, os primeiros sinais de recuperação e o surgimento de novas tendências de pesquisa de viagens por parte do consumidor.

 

Solução caseira
Os brasileiros estão buscando destinos com mais contato com a natureza, como Foz do Iguaçu (26%), e destinos de praia, como Porto Seguro (+54%), na Bahia, e Recife (+13%), em Pernambuco. Grandes cidades domésticas como o Rio de Janeiro e São Paulo parecem ter uma demanda muito fraca como destino. Já fora do Brasil, as pesquisas de viagens domésticas nos EUA, Europa e Ásia-Pacífico estão crescendo a uma taxa mais acelerada do que as pesquisas internacionais. Austrália, Espanha, Estados Unidos e França estão vendo as maiores mudanças.

 

Dados
O painel foi projetado para oferecer informações sobre tendências globais de pesquisa de voos (uma visão diária de como o Covid-19 impactou essas pesquisas em todo o mundo em relação ao mesmo dia do ano passado). É possível verificar tendências de pesquisas domésticas versus internacionais além de tendências de pesquisa por cidade de destino (incluindo cinco cidades em destaque com os maiores picos e declínios nas pesquisas). Os dados serão atualizados todo domingo, até o final do ano.

 

Feliz Aniversário!
Parabéns a João Vanderlei, Thiago Schuba e Joao Luís Nogueira.

 

“Mozão”
Bruna Marquezine e Enzo Celulari usaram o Instagram para trocar mensagens chamando um ao outro de “mozão”. Há alguns dias, a atriz já havia usado o Twitter para ironizar boatos de que estaria se envolvendo com o filho de Claudia Raia e Edson Celulari. Em um vídeo publicado no Instagram de Enzo Celulari, Bruna Marquezine comentou “Boa, mozão”, ao lado de emojis de aplausos. Ele respondeu em seguida, no mesmo tom: “Bora, mozão”. Na sequência, diversos seguidores deram risada e viram a troca de mensagens como uma nova ironia ou deboche, levando os boatos com bom humor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *