Existe relação entre a doença de Chagas e a infecção pelo HIV/Aids?

A doença de Chagas, é uma doença causada pelo parasita Trypanosoma cruzi. O homem pode contrair a doença de diferentes formas, tais como pela ingestão de alimentos contaminados com as fezes ou urina de barbeiros infectados com o parasita, por meio de acidentes laboratoriais, transplante de sangue ou de órgãos de pacientes infectados, de mães infectadas para seus filhos.

Após a infecção, a doença pode evoluir de três formas diferentes: aguda, indeterminada e crônica. Normalmente a maior parte dos pacientes desenvolvem os sintomas da doença na fase crônica, sintomas esses como aumento do coração (cardiomegalia chagásica), aumento do intestino (megacólon) e aumento do esôfago (megaesôfago). Sendo importante citar que até o momento o tratamento da doença não é capaz de retirar totalmente o parasita do corpo, havendo somente uma ‘’ cura relativa’’, onde os sintomas da doença estão ausentes ou diminuídos e o parasita se encontra na forma dormente (latente) no organismo.

O Paraná não possui registro de novos casos da doença de Chagas aguda desde o ano de 2005, onde foram confirmados oito novos casos, entretanto atualmente no estado residem inúmeras pessoas com as formas indeterminada e crônicas da doença, contudo esses números não são exatos, pois até o início desse ano a notificação dos casos crônicos da doença não era obrigatória.

Já o HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) é um vírus que ataca o sistema imunológico do indivíduo, sistema esse, responsável pelas defesas do organismo. As pessoas podem se infectar com esse vírus por meio de relações sexuais desprotegidas (sem camisinha), transfusões de sangue, entre outras. É importante citar que o HIV não é transmitido por beijo, abraço, convívio familiar ou social, água ou alimentos ou ainda por picadas de insetos. Pessoas que possuem HIV não necessariamente irão desenvolver a AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), que é a doença clínica, podendo passar anos sem desenvolver a síndrome.

Atualmente o tratamento, conhecido como ‘’ coquetel’’ evoluiu muito, diminuindo doenças oportunistas, melhorando a qualidade de vida dos portadores e minimizando a evolução da doença. Mas ainda não existe a cura definitiva para o vírus.

Ao contrário da doença de Chagas, desde o ano de 2007 até o ano de 2015, o estado do Paraná havia registrado um total de 8.553 novos casos de infecção pelo HIV.

E qual a relação entre a doença de Chagas e o HIV/AIDS?

Apesar de não ser comum, pacientes portadores da doença de Chagas e que também possuam AIDS ou outras condições de queda de imunidade podem sofrer reativação da doença de Chagas, onde as formas crônicas ou indeterminadas podem adquirir algumas características de infecção aguda. Essa reativação merece atenção especial, pois nesses pacientes pode haver o comprometimento cardíaco (miocardite chagásica aguda) e do sistema nervoso (meningoencefalite). Com isso, todo paciente com AIDS deve ser rastreado para a doença de Chagas, de modo a se ter uma atenção especial em portadores da doença de Chagas associada a coinfecção pelo HIV/AIDS.

É importante ressaltar que o Sistema Único de Saúde (SUS) fornece toda a medicação necessária para ambas as doenças.

Em caso de dúvidas entre em contato com seu médico ou com a unidade básica de saúde mais próxima.

 

Autores: Ricardo Babinski Bregonde, Carlos Eduardo Alves Garcia e Silvia Cristina Osaki.

 

Referências:

• Boletim Epidemiológico HIV/AIDS. Secretaria de Estado da Saúde do Paraná. Curitiba. 2015.

• Inclusão da reativação da doença de Chagas como uma condição definidora de AIDS para fins de vigilância epidemiológica no Brasil. Carta ao editor. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 37(2). 192-193. 2004.

• Portaria NO 264, de 17 de fevereiro de 2020. Ministério da Saúde. Diário Oficial da União.

• Secretaria da Saúde do Estado do Paraná. HIV/AIDS. Disponível em: http://www.saude.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=3430.

• Secretaria da Saúde do Estado do Paraná. (DECA – AIDS / DST) Informações sobre o HIV.

• SINAN. Número de casos de doença de Chagas aguda no Paraná no período entre 2001-2006.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *