Coluna da ADI 18/06/2020

Nunca apoiei!

A deputada Aline Sleutjes (PSL) disse nunca ter apoiado ou participado de movimentos antidemocráticos. Ela e outros nove deputados e um senador, todos do PSL e aliados ao presidente Jair Bolsonaro, tiveram os sigilos fiscais quebrados por determinação do ministro Alexandre de Moraes (STF) no inquérito que apura a organização de financiamento de atos antidemocráticos. “Não fui notificada em relação a minha quebra de sigilo, inclusive, fiquei sabendo neste momento por meio de notícias na imprensa”.

 

Em alerta

O deputado Michele Caputo (PSDB) alerta que a alta taxa de transmissão do coronavírus, registrada no Paraná, é algo que merece ser levado em conta pelas autoridades de saúde. O índice está em 1,5, considerado preocupante, tendo em vista que está acima do considerado aceitável em uma pandemia sob controle. Os dados são de um estudo da UFPR em parceria com a epidemiologia do Hospital da Clínicas.

 

Vale reforçar!

O deputado e médico Luciano Ducci (PSB) reforçou o alerta para que a população siga corretamente as orientações repassadas pelos órgãos de saúde a fim de reduzir o número de casos da covid-19. “Curitiba está com 85% dos leitos de UTI exclusivos para covid-19 ocupados. Teremos semanas difíceis pela frente e todos devemos cooperar. Evite ao máximo sair de casa, lave sempre e bem as mãos e use máscara. Tomem cuidado, ninguém está a salvo de pegar o vírus e de ter a doença agravada, vamos ser conscientes e evitar a exposição desnecessária,” disse.

 

Adesão 100%

O prefeito de São José dos Pinhais, Toninho Fenelon (PSD), convocou o comércio, indústria e a sociedade civil para a necessidade de 100% de adesão aos decretos que regulamentam as atividades econômicas e sociais durante a pandemia, sob risco ter que voltar atrás e novamente restringir atividades para conter o avanço do coronavírus. Toninho Fenelon diz que o momento requer união de esforços para que nem a saúde e nem a economia sejam afetados.

 

Pesquisa Covid-19

Está nas ruas de bairros de Maringá a terceira etapa de testes rápidos para pesquisa sobre coronavírus na cidade. Moradores têm recebido pesquisadores UEM, Uningá e Unicesumar. Serão realizados 250 testes rápidos. Total será de 950 testes, com resultado analisado pela UEM e servirá para Secretaria de Saúde fazer medidas preventivas contra coronavírus. Quarta e última etapa será em 1º de julho.

 

Comércio em baixa

O comércio varejista paranaense registrou, pelo segundo mês consecutivo, uma queda histórica em abril. Segundo pesquisa do IBGE, o volume de vendas caiu 14,3% na comparação com março, enquanto a receita com vendas teve queda ainda mais expressiva, de 15,8%. Apesar dos resultados negativos, o resultado paranaense foi ainda melhor do que o verificado a nível nacional.

 

Jogo duro

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati (PP) anunciou novas medidas para conter o aumento de casos de infectados pelo coronavírus. Passa a valer a aplicação de multas e a perda de alvará para quem desobedecer as regras da quarentena. As multas podem variar entre R$ 10 mil e R$ 120 mil, em casos em que as pessoas não estiverem usando máscara será aplicado multa de R$ 300 e processo criminal.

 

Transparência

O deputado Aliel Machado (PSB) foi escolhido como relator sobre um dos temas mais debatidos atualmente: a transparência. O relatório pretende corrigir ações recentes do governo federal que vão contra a transparência. Aliel disse ainda que a relatoria será ampla e vai abranger também informações fornecidas pelos municípios e estados, além dos respectivos gastos.

 

Ranking dos políticos

A plataforma Ranking dos Políticos apontou Sargento Fahur (PSD) como o  melhor deputado federal paranaense até o momento, com 105 pontos. A tabela leva em consideração gastos do gabinete, assiduidade, fidelidade partidária, processos judiciais e qualidade dos projetos apontados – o combate à corrupção, aos privilégios e ao desperdício de recursos públicos.

 

Tentativas

O deputado Filipe Barros (PSL) disse as “ações no TSE são fruto do rancor dos derrotados” sobre as tentativas de difamação contra o presidente jair Bolsonaro. “A vitória de Bolsonaro humilhou os então donos do poder de forma inesquecível. Era previsível, portanto, que os fracassados tentariam uma revanche, mas não na disputa por voto – pois sabem que perderiam novamente. Apostaram no famoso 'tapetão', via ações desesperadas no TSE.”

 

Reforço contra dengue

O Paraná teve um aumento de 13.084 casos de dengue nas duas últimas semanas. Segundo o boletim epidemiológico, que vive epidemia da doença desde março, o estado já registrou 212.074 ocorrências desde agosto do ano passado. Por outro lado, os municípios em alerta diminuíram de 33 para 31. Na semana passada, 62 cidades receberam repasses do governo estadual para tratamento de pacientes e medidas de combate à dengue. O montante foi de R$ 1,5 milhão.

 

#usemascara

Dois estudos –  dos Centros de Controle e Prevenção de Doença dos EUA e da Universidade de Cambridge, no Reino Unido – comprovam a eficácia da lei aprovada pelos deputados no Paraná. O uso de máscara, segundo os estudos, é capaz de conferir mais proteção do que o distanciamento social ou a higienização das mãos, duas outras recomendações da OMS.

 

Máscara II

“O uso de máscaras é a melhor forma de prevenção contra a covid-19. Desde o início da pandemia defendemos o uso de máscara, que depois virou lei no Estado e, agora, em todo o Brasil”, disse o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), autor da lei paranaense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *