Coluna Da ADI-PR – 23/02/2024

0 23

Incluído

O ministro da Infraestrutura Renan Filho, na reunião em Brasília com lideranças políticas do Paraná, assegurou que o Contorno Leste de Londrina será incluído no Lote 4 como uma das obras obrigatórias a serem executadas pela futura concessionária. O Lote 4 ainda está em fase de estudos técnicos e o edital de licitação só deve ser encaminhado no ano que vem para avaliação do Tribunal de Contas da União (TCU).

Agenda internacional

O secretário estadual do Turismo, Márcio Nunes, está cumprindo uma agenda internacional em conjunto com profissionais do Viaje Paraná em cinco países da América Latina. A primeira parada foi em Santiago, no Chile, com o objetivo de aumentar o fluxo de turistas chilenos no Brasil. “Já temos duas empresas que realizam voos diretos para o Chile, uma saindo do aeroporto de Curitiba e outra de Foz do Iguaçu, e estamos trabalhando para que mais uma empresa aérea passe a fazer essa conectividade”, destacou.

Verão Maior Paraná

A região do reservatório Angra Doce deve ser incluída no programa Verão Maior Paraná do Governo do Estado. O deputado estadual Cobra Repórter (PSD) protocolou um requerimento reiterando que a inclusão desta região no Verão Maior Paraná não apenas promoverá o turismo, mas também aumentará a visibilidade da área para investidores e a população em geral.

Contra dengue

O Paraná recebeu nesta quinta-feira (22) o primeiro lote de vacinas contra a dengue, enviado pelo Ministério da Saúde. A remessa com 35.025 doses do imunizante Qdenga, produzido pela farmacêutica Takeda, teve seu envio antecipado após diálogos das secretarias estaduais com a pasta federal.

Contra dengue II

As vacinas serão entregues para municípios da 9ª e 17ª Regional de Saúde. São eles: Cambé, Rolândia, Jaguapitã, Ibiporã, Florestópolis, Bela Vista do Paraíso, Jataizinho, Primeiro de Maio, Sertanópolis, Tamarana, Porecatu, Assaí, Miraselva, Lupionópolis, Guaraci, Centenário do Sul, Alvorada do Sul, Pitangueiras, Prado Ferreira, Cafeara, Foz do Iguaçu, Medianeira, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, Missal, Itaipulândia, Matelândia, Serranópolis do Iguaçu e Ramilândia.

Calamidade

A cidade de Campo Mourão decretou estado de calamidade pública por causa da dengue. A prefeitura tenta combater os focos do mosquito com veneno de bomba costal, enquanto as unidades de saúde estão lotadas de pessoas com sintomas da doença. O decreto de calamidade veio diante da demanda na rede pública aumentando a cada dia e 443 casos da doença já confirmados pelo município.

Após a posse

O advogado José Rodrigo Sade foi nomeado como novo juiz titular do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). Ele vai participar do julgamento de dois processos que pesam contra o senador Sérgio Moro (União Brasil-PR). O anúncio da data de julgamento das Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJEs) que pedem a cassação do mandato do senador só deve ocorrer quando o novo juiz for empossado.

No pleito

O secretário da Indústria, Comércio e Serviços do Paraná, Ricardo Barros (PP), se reuniu nesta semana com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), em Brasília. O secretário reforçou em reunião que será candidato ao Senado Federal, pelo Paraná, caso o senador Sérgio Moro (União Brasil) venha a ser cassado. “Fui líder do governo e viabilizamos muitos avanços naquela gestão. Isso me credencia a ter o respeito e o reconhecimento dele”, afirmou.

Retomada

Em Brasília, o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD) reforçou ao ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, sobre a importância da retomada das operações da termelétrica de Figueira para a região do Norte Pioneiro. “Tive uma boa audiência com o ministro. Conversamos sobre a hibernação da termelétrica de Figueira. A usina foi desativada e isso está causando grande impacto social e econômico na cidade e nos municípios da região”, disse.

Importação

O Paraná foi o estado que mais investiu em 2023 na importação de suínos de alto valor genético, que ajudam no aprimoramento do rebanho. Foram empregados cerca de US$ 4,1 milhões. O montante representou 74% dos US$ 5,5 milhões investidos nesse setor em todo o País. Os Estados Unidos foram o principal mercado de aquisição do Paraná no ano passado, seguido da Noruega e Canadá.

Documento oficial

A partir deste ano, o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) será o único para identificação entre todos os documentos oficiais e para todas as relações do cidadão com o Estado. Na prática, para realizar qualquer solicitação de serviço público não será mais necessário apresentar outros documentos como o Registro Geral (RG), PIS e carteira de trabalho.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

Deixe um comentário