Coluna do Editor – 17/01/2024

0 183

Pista de corrida

Mais um grave acidente foi registrado essa semana na região do Jardim Tocantins. Mais precisamente na Avenida Ministro Cirne Lima, onde há alguns dias um jovem perdeu a vida após bater de moto num carro em alta velocidade. Quem mora ali perto ou trafega pela região sabe do perigo no qual a Cirne Lima se transformou. Virou uma verdadeira pista de corrida. Só que sem nenhum controle!

Altíssima velocidade

Quem vem da BR-163 em direção ao bairro geralmente ‘respeita’ o limite de velocidade. Pelo menos no início. O problema maior está mesmo em quem faz o sentido contrário. Não precisa ficar ali muito tempo para observar os mais diversos veículos trafegando em altíssima velocidade.

Redutores

Na região do Tocantins não existe nenhum tipo de redutor de velocidade. Nem lombada, faixa em elevação ou radar. Virou uma terra sem lei, onde cada um anda como bem deseja.

Situação piorou

A retirada do radar que havia nas proximidades do antigo Ginásio do CCR – em frente à base do SAMU – também contribuiu para aumentar o problema. O radar foi colocado no cruzamento com a Rua Laurindo Mortele.

Fiscalização

Além dessa falta de redutores, em geral não é vista nenhuma viatura da Guarda Municipal por ali, o que naturalmente ajudaria a, pelo menos, impor um pouco de respeito. Fica a sugestão aos responsáveis pelo trânsito de Toledo.

China

Depois de fazer duas viagens para a China no ano passado em comitiva oficial, inclusive acompanhado de donos de frigoríficos paranaenses, além da participação em diversos encontros com representantes do governo chinês, embaixadores dos dois países e empresários brasileiros, o deputado federal Zeca Dirceu, líder da bancada do PT na Câmara dos Deputados, comemorou o anúncio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) de que a China vai inspecionar 29 plantas industriais que produzem aves e bovinos de corte em 10 estados brasileiros.

Lei

Em dezembro, o governo federal sancionou a lei 14.786/23, que visa combater a violência e o assédio sexual contra mulheres em casas noturnas, boates, espetáculos realizados em locais fechados e em shows onde haja venda de bebidas alcóolicas. Em Curitiba, por exemplo, a proteção para vítimas de assédio está regulamentada por lei em um protocolo desde 2020.

Lei Drink

Conforme a legislação, conhecida como Lei Drink Maria da Penha, os estabelecimentos devem orientar seus funcionários e equipe de segurança para que atendam adequadamente mulheres em situação de risco, vulnerabilidade ou violência, e garantam que elas sejam acolhidas, auxiliadas e protegidas.

Pontos

Em Toledo existe uma lei, quando José Carlos Schiavinato era prefeito, flexibilizando a parada dos ônibus do transporte coletivo no período noturno para que as mulheres desçam mais próximo de suas residências.

IPTU

Um leitor entrou em contato sobre o aumento no valor do IPTU, de 3,71% para este ano. Ele questiona o porquê desse reajuste diante dos números positivos apresentados pela Prefeitura de Toledo, com superávit de R$ 205 milhões, conforme dados apresentados pela própria gestão esta semana.

Abandono

Além disso, o leitor reclama do abandono da atual gestão do prefeito Beto Lunitti com a região da Grande Pioneiro.

Comentários

O superávit, por sinal, foi o assunto mais comentado na maioria dos grupos de WhatsApp de Toledo nesta terça (16).

Calçada

“E o fiscal só pensa em notificar para o povo fazer calçada. Por que não se preocupa em fiscalizar quem faz este tipo de bagunça”. Mensagem encaminhada por uma leitora sobre as confusões em bares, lanchonetes e pubs, conforme registrado na Coluna desta terça-feira.

Não para todos

Pior que essa questão da calçada também não vale para todos. Basta uma rápida caminhada pela cidade para perceber que a lei não está sendo cumprida.

Deixe um comentário