Coluna Do Editor – 19/04/2024

0 234

‘Pode Isso Arnaldo?’

Divulgação

A criatividade do brasileiro é de impressionar até mesmo os extra-terrestres. A Nasa promete vir estudar o proprietário dessa Fiat Strada que estaciona com frequência na Rua XV de Novembro e deixa a porta da caçamba aberta para ‘escapar’ da fiscalização da Guarda Municipal quanto ao Estacionamento Regulamentado (EstaR). Mais uma da série ‘Pode Isso Arnaldo?’.

Destaque Jovem Empreendedor

O Conselho do Jovem Empreendedor de Toledo (Cojem) vinculado à Acit, realiza no dia 29 de abril, o lançamento do Prêmio Destaque Jovem Empreendedor 2024. O evento será na unidade do Sebrae PR em Toledo às 19h. Na oportunidade, os participantes poderão conferir mais detalhes do Prêmio, além da palestra ‘Atitudes Vencedoras que destacam Jovens Empreendedores’ com Sirley Batatinha. O evento é gratuito e aberto a todos os interessados. Inscrições pelo link https://linktr.ee/cojemtoledo

Sem água

A Sanepar informa que, no próximo domingo (21) fará serviço de higienização de reservatório de água tratada em Toledo. O trabalho será realizado das 08h às 11h30 e pode afetar o abastecimento de água nos Jardim La Salle, Vila Becker, Jardim Santa Maria e Filadélfia. A normalização do abastecimento está prevista para ocorrer por volta das 22h.

Economia

Em situações como esta, priorize a água tratada para higiene e alimentação. Em dias mais quentes, a população deve ficar mais atenta e não desperdiçar água. Adie serviços que não sejam essenciais. Economize!

Novos servidores

A Câmara de Toledo empossou oito novos servidores de carreira aprovados no concurso público 01/2023 que realizou para preenchimento de vagas em seu quadro técnico-administrativo. O presidente da Câmara, vereador Dudu Barbosa, disse que a valorização sempre está em primeiro lugar, mas existem mecanismos para cobrar produtividade dos servidores à altura da expectativa da população para que a Câmara entregue os melhores resultados e eficácia na prestação do seu trabalho à sociedade.

Lista

Foram empossados os assistentes legislativos, Mayara Micoanski e Silmara Castro Lobo, o agente de comunicação – jornalista, Hiury Henrique Pereira Alves, o agente de comunicação – publicitário, Paulo Vitor Colvara Lemos, o agente de informática, Ricardo Motta Duchesqui e os agentes legislativos, Gustavo Mateus Chervinski Dresch, Luana Laurindo e Ricardo Henrique Borges.

Visita

Mais uma visita foi realizada pelo diretor de Políticas Públicas e Saúde do Trabalhador e Segurança no Trabalho do Sindicato SerToledo, Marcos Portela. Dessa vez, a ação aconteceu na semana passada, no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Fani Matilde Bilibio, em Vila Nova.

Situações

No local três situações foram constatadas. A primeira foi uma sala multisseriada (mais de uma turma) com crianças de 1 a 2 anos e de 2 a 3 anos. Ela é organizada em regime integral e conta com 23 crianças para cada turno. Entre essas crianças, duas possuem laudo. Ainda referente a esse fato, conforme consta a deliberação 009/2019 número 002/19, seria necessário mais um professor auxiliar e um Professor de Apoio à Diversidade e Inclusão (PADI).

Sobrecarga

De acordo com Portela, as professoras dessa sala estão sobrecarregadas. “Basicamente, uma professora se torna o PADI da criança laudada e a outra se torna regência do restante das crianças. O Cmei conta com mais salas que poderiam ser utilizadas para separar essas crianças em duas turmas, o que aliviaria a demanda dessas professoras”, declara.

Legumes

A segunda situação é referente a um dos fornecedores de legumes. “Também foi constatado que o Cmei está a mais de três semanas sem a chegada de diferentes legumes para a produção de alimento destinado às crianças. Durante essa visita, comentaram a ideia de fazer uma ‘vaquinha’ para adquirir esses alimentos para o Cmei. O único legume que as crianças estão comendo é abobrinha.”, destaca.

De casa

A nova sede do Cmei Fani Matilde Bilibio foi inaugurada há quase dois anos. Desde então, grande parte das salas de aula não possuem ar-condicionado e as que contêm, os aparelhos apresentam problemas. Isso, segundo relatado ao Portela, faz com que as professoras tenham que trazer ventiladores de casa.

Deixe um comentário