Como será?

Estamos já adaptados em escutar sobre estudo online, formas de estudos pela internet, adaptação das crianças no novo formato de educação e se percebe uma angústia muito grande dos pais, professores, adultos de forma geral para que tudo volte ao tal normal, como era antes da pandemia, da forma tradicional que a maioria foi criada. E os alunos, alguém já perguntou para eles o que eles preferem e de que forma eles gostariam que esse estudo pós pandemia retornasse?

Já sabemos que é fundamental a convivência entre esses jovens e crianças, fundamental para educação emocional e base para fase adulta, mas e será que eles querem voltar pra escola e ficarem sentadinho na cadeira ouvindo os professores? Será que esse período de auto estudo não pode ser uma chave para mudar o conceito dos estudos escolares e fazer com que o novo venha para atrair ainda mais esse aluno para sala de aula, para a escola? Esse novo não seria a forma de fazer com que a evasão escolar tivesse uma queda?

Inclusive nas universidades, onde o estudante já tem uma noção base de estudo e pesquisa autônomo, será que este estudante vai querer enfrentar horas de trânsito em ônibus lotado ou no carro, na bicicleta ou mesmo a pé para ir assistir aulas que agora, já mais adaptados com a tecnologia, poderiam estar aproveitando muito mais? Ou não, se faz necessário em todos os conteúdos à aula ser presencial?

São questões, não respostas. Pense aí que nós vamos pensando daqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *