De novo…

Sim, de novo. No fim de semana já falamos por aqui sobre as responsabilidades da população com relação aos cuidados importantes e que se fazem necessários para evitar a proliferação de doenças como a dengue e o coronavírus e hoje, na edição desta terça-feira (5) trazemos a dengue como assunto principal.

Iniciou ontem e vai até amanhã o LIRAa que é o Diagnóstico Rápido nos Municípios para Vigilância Entomológica do Aedes aegypti no Brasil. Nele, agentes da vigilância epidemiológica  visitam cerca de 5% das residências do município, nos bairros com maior número de casos ou chances de maior proliferação e nesta amostragem já conseguem ter um panorama da situação da dengue na cidade.

Este ano, até o momento, tivemos apenas um LIRAa em Toledo realizado antes da pandemia do Covid-19 onde foi decretado estado de epidemia por dengue.

Portanto, se precisarem fazer a pesquisa em sua casa, seja gentil e receba os agentes. Eles estão elaborando um estudo sério para enviar os dados ao governo federal. Esses dados são importantíssimos, pois são eles que alertam se poderemos chegar numa situação similar ao início do ano e como combater e evitar outra epidemia de dengue. Além disso, neles constam informações que podem, se preciso for, fazer com os governos federais e estaduais evie auxilio para combater o mosquito.

Evitar já estamos bem calejados de saber como é. Limpar quintais, evitar acumulo de lixo, água parada, manter as piscinas limpas, ou seja, fazer nossa parte e cobrar que os vizinhos façam a deles.

Dengue mata e não queremos chegar na situação que chegamos antes do fumacê, certo Toledo?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *