Nova comunicação

O uso da mídia social passou por transformação diante da pandemia do novo coronavírus. Anteriormente, transmissões eram realizadas por profissionais que tinham habilidades com a ferramenta e o domínio em determinado assunto. Uma mudança no uso das transmissões ao vivo pela internet aconteceu com o início da quarentena. As lives realizadas pelas plataformas como Instagram, Youtube ou Facebook estão mais presentes no cotidiano das pessoas.

Logicamente, no início, o que mais atraiu a atenção da sociedade foi a apresentação musical. Os artistas internacionais, nacionais, da região ou do município e acredito que de todos os gêneros, passaram a realizar lives. Todos foram para a frente das câmeras e gravaram seus shows. Eles proporcionaram alívio, alegria e diversão para quem estava em casa.

Paralelo, ao entretenimento, as lives também tornaram-se solidárias. Arrecadações de recursos financeiros, cestas básicas, leites, roupas, enfim. As lives passaram a conciliar o entretenimento, o conhecimento e a possibilidade de colaborar com entidades ou instituições.

O uso da tecnologia tornou-se primordial para a informação. Se antes, as lives não eram tão comuns, hoje podemos entrar em nossas redes sociais em qualquer horário e acompanhar alguém falando (ao vivo) sobre muitos assuntos.

Os dias passaram e as lives foram fortalecendo-se. Novos temas passaram a ser abordados. Orientações para as famílias com crianças em casa ou assuntos relacionadas a economia, ao esporte, a educação, a segurança ou a saúde, entre outros assuntos foram e são abordados em lives neste período.

A Live tornou-se uma ótima ferramenta para sanar dúvidas e interagir com o público. Durante a quarentena, o JORNAL DO OESTE também reinventou-se. Se antes, as produções das lives eram com entrevistados, hoje o meio de comunicação promove as entrevistas, mas também repassa outros tipos de conteúdos, como a apresentação do boletim epidemiológico do novo coronavírus e, principalmente, busca sanar as dúvidas mais frequentes dos leitores e dos internautas.

Nesta semana, o JORNAL DO OESTE realiza melhorias na infraestrutura técnica para as transmissões das lives e, em breve, para a geração de novos conteúdos para as redes sociais e para o nosso site. O investimento é realizado não apenas com base no momento atual, e sim, já preparando este veículo de comunicação para os desafios que virão pós-pandemia.

A nossa equipe acredita que a inovação deixará de ser um diferencial para ser um item básico de qualquer organização que pense no futuro e, no nosso caso, em comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *