Pequenas vidas…grandes exemplos…

Ao longo de sua história, o JORNAL DO OESTE procurou contar histórias que ajudaram a construir Toledo como ela é hoje. Desde 1984 este veículo acompanha os principais acontecimentos de uma cidade que foi se moldando para se tornar um município referência em muitos setores, entre eles o da saúde materna e infantil, especialmente o trabalho desenvolvido na UTI Neonatal do Hospital Bom Jesus, hoje uma referência dentro do Estado do Paraná. Desde o início temos seguido os passinhos dos pequenos que lá estão. Escrevemos sobre as dificuldades, as vitórias e derrotas…noticiamos os pequenos avanços e as grandes conquistas…abordamos a importância do serviço prestado por profissionais dedicados 24 horas por dias, todos os dias do ano.

E assim, ano após ano, detalhe por detalhe, o JORNAL DO OESTE tem acompanhado esta UTI que leva o nome de seu grande entusiasta: Dr. João Pedro Pontes Câmara. Um abnegado que respira a UTI e transpira em cada poro de seu corpo o amor por criaturas tão frágeis e tão valentes. Tão delicadas e gigantescas. Seres abençoados, pequenas vidas que nos ensinam grandes exemplos diariamente. Ensinam que a vida é muito maior que o simples apego às coisas materiais e que a vontade de viver suplanta qualquer problema.

Esta semana o JORNAL DO OESTE trouxe mais um pouco dessas histórias. Numa reportagem especial contou novos aspectos de uma relação construída segundo a segundo, até porque cada dia é um dia para quem nasce pesando gramas e depende de tudo e de todos para sobreviver. Às vezes, quem lê a reportagem na frieza das letras, da tinta e do papel, pode não compreender a grandeza do trabalho lá desenvolvido. Mas para quem conhece de perto, sabe que não é apenas um trabalho, mas uma batalha contra a morte que espreita e aproveita qualquer descuido. Daí tanta atenção, tanto amor e dedicação. Uma dedicação que faz toda a diferença para quem, com tão pouco tempo de vida, enfrenta de peito aberto – às vezes literalmente – desafios muito maiores que outros em que pessoas sucumbem, enquanto estes gigantes tão pequeninos vencem. E inspiram…E emocionam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *