Mauro Picini Programe-se 13/11/2020

Dia 13 de Novembro foi comemorado o Dia Mundial do Mau Humor

Dia do Mau Humor

 

No dia onde o mau humor é permitido e até de certa forma celebrado, trazemos aqui muitas dicas de como melhorar aquela pessoa que acordou com todos os pés esquerdos possíveis. A chef Miriam Rocha, – Especialista em Cacau e Chocolate – conta como suas amêndoas de cacau drageadas podem se tornar verdadeiras pílulas do bem estar.
“O nosso Anti TPM é um elemento chave pra resolver o mau humor, já que nesse período as meninas também costumam ficar bem irritadas e chateadas com as oscilações de humor.”
Além de minimizar todo o estresse, elas também reduzem a ansiedade.
“É pra usar sem moderação! Contém antioxidantes, estimulam o colágeno, além de minimizar os efeitos da TPM.”
A Health Coach Tamara Borges – da Pulse Nutrition – também acredita que os alimentos tem poder, muitos deles são conhecidos por matar o mau humor com suas propriedades.
“O talo da alface possui uma substância chamada lactucina, que funciona como calmante; Banana diminui a ansiedade por conta dos carboidratos e do potássio; Mel estimula a produção da serotonina, responsável por nos dar uma sensação de bem-estar e prazer… o que não falta são opções.”
O mau humor não afeta só o ambiente e as pessoas que estão nele, como a saúde de quem está sentindo toda essa onda de negatividade. Ester Gomes, consultora de desenvolvimento humano, fala exatamente sobre isso.
“Mau humor é o estado de espírito de quem não está bem disposto. O mal-humorado é aquele que está irritado, desgostoso com alguma coisa, e gosta de reclamar de tudo.”
A consultora indica a criação de hábitos simples, que podem redirecionar a energia densa para algo positivo.
“A primeira dica para acabar com o mau humor é aceitá-lo, rejeitá-lo apenas faz com que ele se torne mais forte; Alimente-se bem, pratique atividades físicas, ouça músicas, crie listas de gratidão. Aos poucos, sua mente aprenderá a valorizar as coisas boas, o que ajudará ativamente a reduzir o mau humor.”
Ester ainda comenta que ambientes de trabalho com clima pesado, podem fazer muito mal à parte física e emocional do ser humano. A programadora mental Ivana Cabral, alerta sobre como o mau humor pode ser um caminho para a auto sabotagem.
“Se você cultiva negatividade e isso se torna um ciclo, isso reflete no seu humor e você vai se apagando. Para fugir da auto sabotagem, não te deixando escravo de uma situação ou sentimento … se obrigue a criar momentos opostos a isso.”
A profissional também concorda sobre como é importante a criação de hábitos positivos na rotina.
 “O humor é um dos principais sinalizadores das emoções humanas e naturalmente, é praticamente impossível estar sempre bem-humorado. Produtividade também depende de força de vontade.”
Os altos níveis de estresse causado pelas oscilações de emoções podem gerar depressão e até mesmo ser fatal. Segundo uma pesquisa publicada no Stroke – periódico da Associação Americana de Cardiologia – O estresse crônico aumenta o nível de cortisol em circulação e a longo prazo afeta a imunidade.
A paisagista Rayra Lira mostra como uma relação com as plantas pode se tornar uma terapia para quem lida com depressão e oscilações frequentes.
“Os benefícios para a saúde são muitos como, por exemplo: melhora da concentração, diminuição do estresse e do cansaço mental.”
Rayra diz que as plantas podem reduzir os níveis de ansiedade e seu cheiro pode ajudar a melhorar a qualidade do sono e a produtividade durante o dia.
“Observe sempre a sua plantinha, tire até fotos para ter uma noção do crescimento dela. As plantas ajudam no processo terapêutico, além de harmonizar a casa, trazendo equilíbrio, ajudam a desenvolver os sentidos e proporcionam bem-estar físico e mental.” – Finaliza.

 

John Wick 3 – Parabellum – Ação em DVD & Blu-Ray

 

Sinopse: A terceira produção da franquia mostra John Wick (Keanu Reeves) fugindo com uma recompensa de US$ 14 milhões por sua cabeça, depois de matar um membro da organização de assassinos. Com todos os assassinos profissionais do mundo em sua busca, ele pede a ajuda de uma ex-colega de confiança (Halle Berry) para sair da cidade de Nova York. Dirigido por Chad Stahelski e também estrelado por Ian McShane, Laurence Fishburne e Anjelica Huston. Classificação Indicativa: 16 Anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *