Mauro Picini Sociedade+Saúde 02/09/2020

Unimed e Uniprime realizam ação solidária em prol da Apae de Toledo

No começo da manhã gelada de sábado, 22, o casal Nelso e Julce Bassani participou de um ato de solidariedade e carinho. Levaram alimentos não perecíveis ao Drive-Thru Solidário, promovido pelas cooperativas Unimed Costa Oeste e Uniprime Pioneira. “Uma ação assim aquece o nosso coração”, definiu Nelso. “Tem tanta gente precisando de um pouco de nós, não custa ajudar”, complementou Julce. 
Sem sair do carro, eles deixaram os donativos e receberam as máscaras personalizadas do evento, comemorativo ao Dia de Cooperar. Houve quem preferiu as bolas para as crianças, como fez a Dra. Marilda Zacar que também participou do Drive-Thru. “A gente tem que ter empatia pelo próximo e se mobilizar para fazer o bem”, disse. 
Foram 661,5 quilos de alimentos não perecíveis, 187 litros de leite e 163 itens de limpeza doados à Apae de Toledo. “Trata-se de uma entidade que merece todo o nosso apoio especialmente em um momento delicado como o que estamos vivendo. Direcionar nossa ação à ela, empodera nossa mobilização”, destaca o presidente da Uniprime Pioneira, Dr. Orley Campagnolo.
“As cooperativas atendem às demandas dos cooperados, mas também é necessário haver uma devolução à comunidade. A união de forças da Unimed e da Uniprime materializa o princípio da intercooperação que preconiza a solidariedade e empatia em prol da sociedade”, complementa o presidente da Unimed Costa Oeste, Dr. Hiroshi Nishitani.
A diretora da Apae de Toledo, Lucimar Recalcatti Vieira agradece a iniciativa das cooperativas e a todos que se dedicaram a doar os alimentos e produtos. “Nós estávamos sem nenhum alimento para doar às famílias que estão em situação de vulnerabilidade econômica e social. Essas doações vieram em um momento muito especial e nós só temos que agradecer a todos os envolvidos”, enaltece. 

 

Sobre a Apae
Atualmente a Apae atende 279 pessoas, entre crianças, adolescentes e adultos em ações na área da saúde, educação e assistência social. Trata-se de uma das mais antigas instituições beneficentes de Toledo, com quase 50 anos de história. Nesse momento de pandemia, as atividades presenciais foram substituídas pelas online e para muitas famílias as necessidades aumentaram, especialmente de alimentos. “Vamos organizar os donativos em cestas básicas e entregar à essas pessoas”, relatou Lucimar. “A família apaeana agradece a todos”, finaliza.

 

Um amor de Feijoada

O Projeto Pequeno Amor, grupo de voluntários que trabalha em prol da UTI Neonatal do Hospital Bom Jesus promove a ação intitulada “Um amor de feijoada” em parceria com o Buffet Du Cheff. 
O evento será dia 12 de setembro e a entrega do kit feijoada será no sistema drive-thru na Rua General Alcides Etchegoyen, 730, Jardim La Salle, endereço do Buffet Du Cheff. Ao valor de R$ 70,00 será oferecida uma deliciosa feijoada que serve três pessoas, tendo como acompanhamentos: arroz, farofa, banana, couve refogada e laranja. Os tickets já estão à venda com os voluntários. Você também pode entrar em contato pelas redes sociais do projeto e combinar a compra do seu kit feijoada.  Visando uma melhor organização a venda dos kits será feita apenas de forma antecipada.
Toda a renda arrecadada na feijoada será destinada a compra de um software que faz parte do projeto de hipotermia terapêutica dos recém-nascidos. Com a implantação desse projeto inovador na região, objetiva-se a diminuição da mortalidade e da ocorrência de disabilidades neurológicas graves dos bebês. Lembramos ainda que a UTI neonatal atende bebês prematuros dos 18 municípios da 20ª regional de saúde.
A doação de fraldas RN, lenços e shampoos neutros para a UTI são sempre bem vindos e podem ser deixados nas lojas do Núcleo de Moda de Toledo, que são: Fiore Atelier, Di Bambini Store, Arezzo e Viella Fashion Moda Gestante.
Entre em contato com os voluntários ou por meio das redes oficiais do projeto no Facebook: facebook.com/projetopequenoamor e também pelo Instagram: @projetopequenoamor. Contamos com a colaboração da sociedade para que juntos possamos fazer dessa feijoada mais uma ação de sucesso em benefício da UTI Neonatal.

 

“Dormir mal engorda”, alerta Prof. Dr. Filippo Pedrinola
Médico endocrinologista explica o que acontece com o nosso corpo quando ele não repousa o suficiente

Apesar de muitas pessoas ainda não terem essa consciência, dormir de maneira adequada e respeitando o tempo necessário para a conclusão de cada fase do sono traz benefícios à saúde. E um dos vários efeitos indesejados em nosso corpo está o ganho de peso. Sim, “dormir mal engorda”, faz o alerta o Prof. Dr. Filippo Pedrinola. Esse fenômeno acontece por fatores neurológicos, metabólicos e hormonais.
O ato de dormir é composto por quatro ciclos, sendo três deles conhecidos pelo nome “Fase Não-REM”, e o último ciclo é chamado de “Fase REM”, sigla que traduzida do inglês significa “Movimento Rápido dos Olhos”.
“Cada um desses ciclos demora aproximadamente 90 minutos para ser concluído e a fase REM é essencial para o nosso corpo e mente, porque é ela que libera os hormônios necessários para o bom funcionamento do cérebro e a dose necessária de grelina, leptina e cortisol para o nosso organismo”, explica o endocrinologista.
O médito também fala como o desequilíbrio desses hormônios atuam em nosso corpo. “Com a privação do sono esses hormônios ficam desregulados, gerando uma hiperprodução de grelina, produzida no estômago e responsável por nos fazer sentir fome. Uma hipoprodução de leptina, desenvolvida nas células de gordura, responsável pelo aumento da fome e maior produção nos níveis de cortisol, hormônio responsável pelo estresse. Inclusive, o estresse é outro fator que influencia muito no ganho de peso e tem relação direta com o acúmulo de gordura na região abdominal”.
Uma única noite de sono mal dormida pode ser capaz de mexer com todo o sistema endócrino, por mais que esse comportamento possa parecer inofensivo. O tempo que cada pessoa deve dormir é relativo , depende das características físicas e estilo de vida de cada um, visto que algumas precisam de mais horas e outras de menos horas dormindo.
“Em média, grande parte da população precisa dormir de 7 a 8 horas por noite, mas há aqueles que só ficam completamente “descansados” quando dormem por mais de 9 horas e aqueles que precisam de menos de 7 horas de sono para se recuperarem”, explica o Prof. Dr. Filippo Pedrinola que deixa uma recomendação.
“O ideal é sempre se manter alerta ao seu relógio biológico e criar uma rotina diária, como um horário certo para ir dormir, evitar usar o celular pelo menos 30 minutos antes de se deitar e evitar o consumo de certos alimentos que podem estimular o cérebro ao invés de relaxar. Se, mesmo assim, ainda sentir dificuldades para dormir, o ideal é procurar a ajuda de um médico”, finaliza.

Sobre o Dr. Filippo Pedrinola
O Dr. Filippo Pedrinola, criador do protocolo Medicina de Estilo de Vida, é médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) com residência médica em clínica e endocrinologia no Hospital das Clínicas de São Paulo.
Após período de um ano do Fellowship Program do Cedars Sinai Medical Center da University of California em Los Angeles (UCLA), concluiu doutorado em endocrinologia pela Faculdade de Medicida da USP.
É membro da The Endocrine Society dos Estados Unidos, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) e da Associação Brasileira de Estudos sobre Obesidade (ABESO).
Possui certificação em medicina mente-corpo pelo Body-Mind Institute da Harvard Medical School, pela International Stress Management Association no Brasil (ISMA-BR) e pela University of Texas em Arlington (UTA).
Além de estar à frente de suas clínicas médicas próprias, faz parte do corpo clínico do Hospital Albert Einsten e do Hospital BP Mirante, neste último é Coordenador do Núcleo de Bem-Estar e Terapias Integrativas.
 
Clínica Prof. Dr. Filippo Pedrinola | Prof. Dr. Élvio Garcia
Endereço: Rua Viradouro, 63 – 2º andar – Itaim Bibi, São Paulo/SP
Telefone: (11) 3073-0113
Dra. Halana Filgueiras – instagram.com/dra.halana
Dra. Nathália Coronel – instagram.com/dra.nathaliacoronel
Dra. Ariane Wunderlich Gregório – instagram.com/dra.arianegregorio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *