Com novas parcerias, Sanepar amplia investimentos e ações de preservação da Mata Atlântica

0 46

O Governo do Estado e a Sanepar assinaram na noite de quinta-feira (14) protocolos de compromisso e chamada pública para o desenvolvimento de ações de conservação da Serra do Mar com a Fundação Grupo Boticário e o Instituto Life. A Sanepar irá destinar cerca de R$ 4 milhões a serem aplicados durante três anos em ações de conservação da biodiversidade e dos recursos hídricos da região de Mata Atlântica. O presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), Rodrigo Agostinho, foi um dos participantes da cerimônia realizada no Palácio Iguaçu.

A partir do protocolo, a Sanepar destinará ao Movimento Viva Água Miringuava R$ 2 milhões para práticas de conservação da natureza, segurança hídrica e adaptações a mudanças climáticas. Os recursos também serão aplicados em ações voltadas ao fortalecimento do turismo local e do empreendedorismo com a agricultura sustentável na comunidade da Bacia do Miringuava. A Sanepar já participa do Movimento Viva Água, juntamente com o Instituto de Desenvolvimento Rural Paraná (IDR-Paraná) e a Invest Paraná, órgãos do Governo do Estado.

Na parceria com o Instituto Life, a Sanepar destinará R$ 750 mil à Coalização Life de Negócios e Biodiversidade, formada por empresas comprometidas em acelerar a inserção da biodiversidade nos negócios, por meio de ações concretas e soluções transformadoras. Ao aderir à Coalização Life, a Sanepar se posiciona como referência no mercado, disseminando a conservação da biodiversidade junto aos seus públicos, o que agrega valor à sua marca, suas práticas e negócios.

Outra ação é a chamada pública que irá selecionar Organizações Não Governamentais/Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (ONG/OSCIP) para desenvolverem ações que ampliam a resiliência hídrica da Região Metropolitana de Curitiba. Neste trabalho, a Sanepar irá destinar cerca de R$ 1,5 milhão.

O presidente do Ibama, Rodrigo Agostinho, disse que a união do setor público e a sociedade civil, numa articulação conjunta de políticas ambientais, beneficia o meio ambiente. “Essa integração é muito importante para o tema da restauração ambiental. Temos um desafio enorme pela frente e vejo sinceridade nesses projetos. O Ibama tem um grande respeito pela Sanepar e temos mantido uma relação harmônica para trabalhamos juntos de forma estratégica”, disse.

Para o vice-governador, Darci Piana, essas ações são necessárias uma vez que o Paraná é formalmente responsável pelo bioma da Mata Atlântica no Brasil por ser o estado que detém a maior reserva dessa mata no País. “Temos uma grande responsabilidade em função dos efeitos provocados pelas mudanças climáticas. Como grande produtor de alimentos, o Paraná tem que cuidar do solo, do meio ambiente e da água”, disse.

Na avaliação do presidente da Sanepar, Claudio Stabile, essas parcerias fortalecem o compromisso da Companhia com a sustentabilidade diante dos desafios ambientais. “Além do Boticário, que é exemplo de preservação para o mundo, a parceria com o Instituto Life nos dá um selo, uma marca, que é uma forma de monetizar os cuidados com o meio ambiente. Isso nos ajuda a ampliar o Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), o que incentiva o pequeno produtor a permanecer na região com práticas conservacionistas mantendo a qualidade da água e das nascentes”, afirmou.

Segundo o gerente de Economia da Biodiversidade da Fundação Grupo Boticário, André Ferretti, o Movimento Viva Água tem conectado atores públicos e privados em prol da preservação da Bacia do Miringuava. “Comemoro o fortalecimento da parceria com a Sanepar nesse trabalho que visa tornar a Região do Miringuava num modelo de desenvolvimento sustentável”, destacou.

A diretora-executiva do Instituto Life, Regiane Borsato, destacou que a participação da Sanepar na Coalização Life é extremamente positiva pelo fato de a Companhia entender a biodiversidade como fundamental para a produção da água. “É importante as empresas entenderem a preservação ambiental como parte da sua estratégia de negócio. A Sanepar tem esse conceito e vai servir de exemplo para outras empresas”, complementou.

PRESENÇAS – Também participaram do evento o superintendente do Ibama no Paraná, Ralph Albuquerque; o diretor de Meio Ambiente da Sanepar, Julio Gonchorosky; o presidente do Instituto Água e Terra (IAT), Everton Souza; o diretor de Desenvolvimento Econômico da Invest Paraná, Rogério José Chaves; o gerente de Planejamento Ambiental da Sanepar, Pedro Franco; e o gerente de Gestão Ambiental da Sanepar, Ronald Gervasoni.

AEN

Deixe um comentário