Taxas de juros podem ter de subir para que economia não sobreaqueça, diz Yellen

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, afirmou que as taxas de juros poderão ter de subir no país para que um “sobreaquecimento da economia” seja evitado. O comentário da secretária foi feito durante evento da The Atlantic, em que Yellen defendia a agenda de investimentos do governo de Joe Biden.

“Mesmo que os gastos adicionais sejam relativamente pequenos para o tamanho da economia, isso poderia causar alguns aumentos muito modestos nas taxas de juros”, disse a ex-presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano).

Apesar disso, Yellen disse esperar por um ambiente de juro baixo “por um bom tempo”, alertando que, mesmo assim, o Tesouro deve trabalhar para manter o déficit em um nível “gerenciável”.

Para pagar os investimentos planejados, a Casa Branca propõe um aumento em impostos corporativo e sobre ganhos de capital nos EUA. Segundo Yellen, isso não deve ter um impacto tão grande no crescimento econômico do país.

“Taxas tributárias marginais têm menos influência sobre o crescimento do que muitos pensavam”, avalia a secretária, antes de citar o corte de impostos no governo do ex-presidente Donald Trump.