Fluminense vence Sampaio Corrêa e está nas oitavas da Copa do Brasil

0 20

Pela partida de volta da terceira rodada da Copa do Brasil o Fluminense se classificou para as oitavas de final após vencer o Sampaio Corrêa pelo placar de 2 a 0. Os gols do jogo foram marcados por Arias e John Kennedy. No resumo geral, o tricolor ficou com 4 a 0 no agregado e passa com facilidade da equipe maranhense.

+Fluminense aposta em Thiago Silva para melhorar defesa

+Fluminense tenta diminuir lista de lesionados com parada do Brasileirão

O Fluminense fez uma partida londe de ser das melhores, com alguns erros de posicionamento e falta de intensidade o tricolor foi conduzido a vitória nesse segundo jogo com a boa atuação do colombiano John Arias e do maestro Ganso. A equipe do Maranhão chegou a ensaiar um jogo perigoso pro Flu, porém a equipe carioca foi superior.

PRIMEIRO TEMPO

No primeiro tempo, o Fluminense demonstrou superioridade sobre o Sampaio Corrêa. Com uma estratégia de linhas avançadas, o Flu conseguiu manter o controle do jogo e dominar a posse de bola, praticamente jogando no campo do adversário durante grande parte dos 45 minutos iniciais.

O único momento de perigo criado pelo Sampaio Corrêa aconteceu aos 13 minutos, quando Thiaguinho fez um lançamento para João Felipe, que finalizou para o gol — mas o lance acabou sendo anulado por impedimento.

O gol do Fluminense veio aos 19 minutos, em uma bela jogada coletiva. Martinelli fez um lançamento preciso para Ganso na esquerda da área. Com a sua ótima visão de jogo, Ganso rolou a bola para o meio, onde encontrou Arias, que finalizou rasteiro. O goleiro Felipe tentou a defesa, mas não conseguiu evitar o gol.

Os pontos positivos do Fluminense vieram do ótimo controle de jogo e das boas jogadas de infiltração. Apesar disso, um ponto negativo foi a lenta recomposição defensiva em alguns contra-ataques cedidos ao Sampaio Corrêa, evidenciando a desorganização da defesa do Tricolor.

SEGUNDO TEMPO

O Fluminense não voltou bem para o segundo tempo, permitindo que o Sampaio Corrêa ganhasse confiança nos primeiros minutos e criasse algumas jogadas perigosas ao gol de Fábio. Com muitos erros de passe e posicionamento, ficou evidente que a equipe carioca precisava de alterações no seu sistema de jogo.

Pouco mais de 15 minutos após o reinício do jogo, Fernando Diniz decidiu mexer na estrutura da equipe, adotando o esquema 4-4-2 com as entradas de Renato Augusto no lugar de Alexsander e John Kennedy no lugar de Keno. Com isso, Diniz recuou Arias e passou a jogar com Kennedy e Cano na frente, enquanto Ganso e Renato Augusto atuaram no meio entre os espaços.

Com as alterações, o Fluminense ficou mais com a bola e pôde reorganizar taticamente sua equipe. Aos 30 minutos, o meia-armador Ganso encontrou Arias furando a defesa do Sampaio Corrêa e acertou um belo passe para o colombiano, que no mesmo instante sofreu um carrinho por trás. O árbitro da partida marcou pênalti. No entanto, o próprio Arias, que sofreu a penalidade, acabou desperdiçando a cobrança.

O Fluminense não parou de pressionar e, logo após o pênalti perdido, em uma boa jogada pela linha de fundo de Arias, John Kennedy aproveitou a sobra dentro da pequena área e empurrou para o fundo das redes, decretando o fim do jogo.

+ Para saber tudo sobre o Fluminense, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram

AGENDA TRICOLOR

O Fluminense agora se prepara para enfrentar o Alianza Lima na última rodada do Grupo A da Conmebol Libertadores. A partida será realizada na próxima quarta-feira (29), no Maracanã, às 21:30 (horário de Brasília).

Deixe um comentário