Guarda Municipal de Toledo prende homem acusado de feminicídio no MS

0 462

Agentes da Guarda Municipal de Toledo detiveram um homem com mandado de prisão em aberto neste domingo (5), durante patrulhamento no Terminal Rodoviário. Ele é acusado de femincídio no Mato Grosso do Sul.

Os guardas Bertapelli e Janning, com apoio dos guardas Pereira e Carlos, abordaram um casal em situação de rua que estava dormindo no gramado da rodoviária. Os dois foram identificados e, enquanto os agentes da GM realizavam seu trabalho, um grupo de três homens passou por pelas equipes da Guarda Municipal observando o trabalho.

Ainda em patrulhamento pelo local, dois dos três indivíduos tentaram fugir quando observaram as duas viaturas da Guarda Municipal de Toledo se aproximando de onde estavam.

Os agentes revistaram ambos e apenas um dos homens apresentou seus documentos pessoas.

O segundo rapaz afirmou, num primeiro momento, se chamar Jeferson Pereira. Em consulta ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) não foi possível identifica-lo. Os guardas o questionaram sobre seu real nome, quando o homem afirmou se chamar Clewerson Pereira de Oliveira.

Em nova consulta ao CNJ, a Guarda Municipal de Toledo identificou que ele estava fugindo de um crime cometido na cidade se Iguatemi (MS).

O Crime

Uma jovem, de 24 anos, foi encontrada morta com tiros na cabeça, dentro de casa, em Iguatemi (MS), nessa segunda-feira (29). A vítima foi identificada como Aline Mayara Boni.

Conforme o Boletim de Ocorrência, Aline foi atingida com dois disparos na região da cabeça. Clewerson Pereira de Oliveira, namorado da vítima, é considerado o principal suspeito. Um outro homem, que ajudou no crime, também está foragido.

Aline é a 15ª vítima de feminicídio em Mato Grosso do Sul, segundo os dados estatísticos da Secretária de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

A investigação da Polícia aponta que Clewerson teria fugido com um outro suspeito após o crime.

Com base no verdadeiro nome e diante da situação, Clewerson foi algemado por ter mentido sobre seu próprio nome e estar agitado. O homem foi conduzido pela Guarda Municipal de Toledo até a 20ª Subdivisão Policial.

Márcio Pimentel

Da Redação

Deixe um comentário