Paraná empregou mil pessoas por dia na rede Sine em novembro com novo sistema

0 379

O Paraná foi o primeiro estado do Brasil a implantar o sistema digital de intermediação de mão de obra em suas Agências do Trabalhador. O novo modelo, desenvolvido pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), colaborou com a colocação de 10.209 pessoas em postos de trabalho em apenas dez dias úteis do mês de novembro, média de mil por dia. O Estado foi escolhido pelo notório desempenho do Sine estadual.

Neste ano, a média mensal tem sido de 12 mil encaixes no mercado de trabalho. O maior volume de colocações registrado foi em agosto (14.705). Com a agilidade permitida pelo novo sistema, e com base no resultado de dez dias, a previsão é que em novembro o número total de colocações fique entre 20 mil e 30 mil, bem acima dos melhores resultados até então.

O secretário estadual do Trabalho, Qualificação e Renda, Mauro Moraes, lembra que o Paraná é reconhecido como referência no Brasil no setor e ocupa o primeiro lugar no ranking nacional de empregabilidade pelo sistema público de intermediação de vagas. No geral, de janeiro a outubro, 121.594 pessoas conseguiram um emprego através do sistema de intermediação de mão de obra utilizado no Estado, recorde nacional.

“São números muito significativos de contratações desde a implantação do projeto-piloto. Somos o primeiro estado a adotar um sistema moderno e que confirma o pioneirismo do Paraná em diversos setores”, ressalta.

De acordo com estimativa da pasta, o Paraná deve encerrar o ano superando a meta estabelecida pela Secretaria do Trabalho, Qualificação e Renda, de 140 mil contratações. “A previsão agora, com o novo sistema e com o trabalho que a secretaria promove desde janeiro, é que cheguemos a 160 mil trabalhadores colocados no mercado de trabalho, certamente o melhor resultado do País, o que contribui para os grandes resultados do Caged e do mercado formal de trabalho”, afirma Moraes.

O Paraná possui 216 Agências do Trabalhador e 83 postos de atendimento.

Da AEN

Deixe um comentário