Francieli: PNI estava preparado para vacinar com Pfizer

A ex-coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI) Francieli, afirmou que a primeira edição do PNI estava preparado para começar a imunização contra covid-19 no País com os imunizantes da Pfizer. De acordo com Francieli, na primeira versão do PNI, a coordenação chegou a anexar um memorando de entendimento da Pfizer onde havia uma intenção de compra de 70 milhões de doses do imunizante, das quais duas milhões seriam entregues no primeiro trimestre deste ano.

Contudo, a ex-coordenadora afirmou que o entendimento de compra da vacina não fazia parte das atribuições do PNI, e foi solicitado por ela para que pudesse ser iniciado o planejamento para poder organizar a campanha de vacinação no País. “Não se consegue organizar uma campanha sem ter um cronograma de entrega, e eu precisava colocar isso na versão do plano, e a primeira entrega que a Pfizer tinha – e isso está o público tá? na primeira edição – eram duas milhões de doses pro primeiro trimestre”, afirmou.