Sanepar investe R$ 57 milhões em Toledo para universalização do saneamento ainda em 2024

0 1.505

A estação de tratamento Rio Toledo está sendo ampliada e mais de 70 quilômetros de tubulações implantadas. Os investimentos de R$ 57 milhões da Sanepar em obras de esgotamento sanitário em Toledo vão elevar o índice de atendimento a 90% da população do município até o fim deste ano, o que irá antecipar em nove anos o cumprimento da meta de universalização do saneamento. As obras aumentam a extensão da rede coletora e a capacidade de tratamento do esgoto na cidade.

Na Estação de Esgoto Rio Toledo, estão em fase final as obras que irão ampliar em 50% a capacidade de tratamento da unidade, passando de 100 litros por segundo para 150 litros por segundo. A ETE também terá um processo de tratamento mais moderno e eficiente, preservando a qualidade da água do Rio Toledo.

Em tubulações, estão sendo executados 61 quilômetros de rede coletora, além de 11, 4 km de tubulações auxiliares e uma unidade de transbordo de esgoto que terá capacidade para bombear 54,4 litros por segundo. Desde outubro de 2023, quando se iniciaram as obras, foram assentados 72% das tubulações.

Esse novo conjunto de redes e a unidade de transbordo irão atender mais de 4 mil novas moradias dos bairros Panorama e São Francisco, além de permitir que loteamentos que já possuem rede instalada sejam beneficiados com o serviço. A estimativa da Sanepar em Toledo é de que existam cerca de 30 quilômetros de tubulações que serão incorporadas ao novo sistema de coleta pública. 

População da cidade será beneficiada com ampliação da rede de coleta da Sanepar em Toledo
Foto: Sanepar

O diretor-presidente da Sanepar, Wilson Bley, afirma que a Companhia tem intensificado os investimentos para a acelerar o cumprimento da meta do marco legal de saneamento, que prevê 90% de esgotamento sanitário até 2033. Atualmente, a Sanepar atende 80,4% da população no estado com coleta e tratamento de esgoto e 100% da população urbana com água potável.

AEN

Deixe um comentário