Dia do Teste do Pezinho: Hoesp ressalta importância do exame para doenças raras

0 188

Nesta quinta-feira (6) é o Dia do Teste do Pezinho e a Hoesp/Hospital Bom Jesus ressalta a importância do exame para o diagnóstico de doenças raras e condições congênitas. no início da vida. No total são sete doenças que podem ser diagnosticadas através do teste gratuito realizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS): fenilcetonúria, hiporeidismo congênito, síndromes falciformes, fibrose cística, hiperplasia adrenal congênita, deficiência de biotinidase, e a toxoplasmose congênita.

Leia também

O Teste do Pezinho é realizado em todos os recém-nascidos para a identificação em tempo apropriado de doenças metabólicas, genéticas e infecciosas. O objetivo do exame é prevenir as complicações das doenças investigadas e que não apresentam sintomas no período neonatal (0 a 28 dias de vida), podendo levar a deficiências ou afetar gravemente a saúde da criança. Tratadas a tempo, a chance de que a doença não deixe sequelas é maior, melhorando a qualidade de vida dos casos confirmados e tratados.

Na Hoesp a coleta do exame é realizada dentro de 24 horas e o resultado pode ser obtido através do site da Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (FEPE) entre 7 e 10 dias.

Deixe um comentário