Covid 19: Quatro novos óbitos são confirmados em Toledo

Em decorrência de complicações da Covid, 395 pessoas foram a óbito em Toledo desde o início da pandemia. Quatro novos óbitos foram, nesta quinta-feira (15), contabilizados no Boletim Epidemiológico do Coronavírus.
“O primeiro óbito foi de paciente do sexo masculino, 56 anos, o qual se encontrava internado em região distinta da nossa, razão pela qual são desconhecidas as datas e evolução do caso, até este momento”, de acordo com o Boletim.
O segundo óbito foi de uma paciente do sexo feminino, de 31 anos. Ela se encontrava internada em outro município, desde o dia 18 de junho, “sendo desconhecidos os dados de sua evolução, até o presente momento”.
“O terceiro óbito, ocorrido no final da manhã desta quinta-feira, dia 15/07/21, foi de paciente do sexo feminino, 43 anos, cujo internamento ocorreu há cerca de dez dias, sendo transferida para leito de UTI em 14/07/21”.
“O quarto óbito foi de paciente do sexo feminino, 70 anos, a qual se encontrava internada desde o dia 13/06, transferida para leito de UTI em 17/06, com evolução para óbito na tarde desta quinta-feira, dia 15/07/21”.

CASOS – Nesta quinta-feira, 421 pacientes estão ativos com a doença, sendo que 59 casos da Covid-19 foram confirmados no dia. Deste total, 20 casos foram registrados no Sistema Único de Saúde (SUS) e todos confirmados através de exames RT-PCR (14 femininos e seis masculinos).
No setor de Saúde Privada e Suplementar são 39 os novos casos, com seis pacientes sendo identificados através de exames de RT-PCR (cinco femininos e um masculino) e outros 33 casos identificados através de Testes Rápidos (17 femininos e 16 masculinos).
Os dados do Boletim Epidemiológico também mostram a recuperação de 43 pacientes e 213 exames estavam em análise. Além disso, 65 moradores de Toledo estão internados em hospitais ou leitos da região, sendo 32 em leitos de enfermaria e 33 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
Entre os internados em leitos de enfermaria, dois pacientes estão no Pronto Atendimento Municipal (PAM) Dr. Jorge Milton Nunes, sendo que nenhum paciente faz o uso de respirador mecânico.

Da Redação*
TOLEDO
*Com informações da Assessoria