Treze Tílias é opção para quem prefere sossego durante o Carnaval

0 77

Para muita gente, carnaval é época de agitar nos bloquinhos, mas também há quem prefira aproveitar o período para curtir lugares e programações mais sossegadas. Se o objetivo for relaxar, curtir a natureza, boa música, dança e pratos típicos variados, Treze Tílias, no Meio-Oeste catarinense, é a opção ideal que trará mais tranquilidade para os seus dias. 

De acordo com a secretária de turismo e cultura de Treze Tílias, Karina Pattis Reiter, até o momento, a rede hoteleira do município registra mais de 60% dos quartos reservados para o período de 09 a 13 de fevereiro, mas a expectativa é de que esse número aumente. 

“A expectativa é de que a ocupação no período carnavalesco chegue a mais de 90%, pois ainda há muitas reservas chegando. E para quem quer sossego, nossa pequena cidade, que conta com tradições austríacas, muita história e cultura, é perfeita”, ressalta a secretária.

Além disso, uma boa oferta de serviços internos fornecidos pelo meio de hospedagem contribui para a experiência de descanso. “Para atender a essa demanda, empreendimentos de Treze Tílias estão preparando atividades especialmente para o período carnavalesco, que equilibra relaxamento e folia aos hóspedes”, detalha Reiter. 

E se a ideia for também desbravar a região, antes mesmo de ir para o hotel, chegando na cidade, vale uma parada no portal da cidade, que já coloca os visitantes no clima austríaco de Treze Tílias.

Mas calma, antes de parar no portal, quem visita o município pode aproveitar para conhecer os Chocolates Treze Tílias, produzidos artesanalmente. Uma lojinha toda decorada, fica localizada um pouco antes do portal da cidade.

“Além disso, você também pode encontrar outros produtos artesanais típicos da região, como vinhos, licores, cervejas, queijos, embutidos, sorvete, velas, entre outros. Um ótimo jeito de começar sua visita em Treze Tílias”, pontua o Secretário da Indústria e Comércio, Felippe Cesa. 

Outra atração na cidade é o Castelinho, que teve sua construção idealizada em 1937, pelo fundador da cidade, Andreas Thaler. Serviu como moradia de sua família até 1969, depois se tornou prefeitura da cidade, e terminou sendo o famoso museu.

“Hoje, é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade e conta a história de Treze Tílias e seus colonizadores. Sem dúvida, lugar imperdível para roteiro carnavalesco aliado ao sossego. E ainda contamos com a praça central, também nomeada em homenagem à Andreas Thaler. Nela, há monumentos contando diversos acontecimentos históricos. Além disso, uma linda fonte corta a mesma”, conta a secretária de turismo. 

E quem pensa que acabou, está enganado. Ao chegar na cidade, também é possível visitar a Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Sua arquitetura é típica de Treze Tílias, com muita escultura.

“Nossa cidade tem ainda a atração do Parque Lindendorf, restaurantes, minigolfe, lojas típicas de artigos austríacos, parque aquático e todo o comércio de portas abertas para receber cada turista. É maravilhoso ver nossa cidade cheia, novamente, com todo o trabalho que vem sendo desenvolvido com o apoio do Instituto Del, por meio do Del Turismo, para gerar mais atratividade para nosso destino e desenvolvimento”, frisa Karina Pattis.

Em Treze Tílias, o programa DEL Turismo existe desde 2022. O projeto, desenvolvido na cidade, mostra como iniciativas turísticas podem multiplicar a capacidade de promoção da cultura de um município e garantir suporte necessário para que a iniciativa seja bem-sucedida e traga benefícios duradouros aos trezetilienses. 

“O Programa Del Turismo é uma iniciativa do Instituto Del e da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) que visa impulsionar a economia local, gerar empregos e contribuir para o desenvolvimento sustentável da comunidade, assim como está sendo em Treze Tílias. Inclusive, eles são certificados pela Green Destination como destino Bronze. E vamos avançar ainda mais”, explica o diretor superintendente do IDEL, Osmar Vicentin.

13ª edição da Semana da Escultura

Para quem visita Treze Tílias, a Capital Catarinense dos Escultores e da Escultura em Madeira, no período de carnaval, também terá a oportunidade de participar da Semana da Escultura. O evento, que acontece de 09 a 13 de fevereiro, promete encantar turistas e visitantes com a beleza da arte revelada em entalhes de madeira nobre.

A programação, lançada pela Secretaria de Turismo, em parceria com a Associação de Turismo de Treze Tílias (ASTURTILIAS), a cada dois anos, conta com atrações para toda a família. 

Um grupo reunindo os 15 principais escultores, oficializaram participação no evento. Os nomes de Bernardo Moser, Bruno Thaler, Christian Moser, Conrado Moser, Conrado Michael Moser, Ellen Thaler, Evandro Marcos Ferronato, Germano Pattis, Ingrid Thaler, Rudi Moser, Starbak Schneider, Suzy Thaler Perondi, Vinicius Thaler e  Werner Thaler, integram à lista.

“A escultura de Treze Tílias é uma característica peculiar de nossa cidade, herança cultural que veio com a imigração austríaca, que nos primeiros anos aconteceu em forma de artesanato mais familiar, hobby, mas com o passar dos anos tomou uma dimensão diferente, de trabalho artístico profissional e foi uma das maneiras que o município ficou conhecido no país a fora.Desta forma, esta Semana das Esculturas vem para celebrar esta características e todas as nossas conquistas”, comemora Werner Thaler, que trabalha com esculturas há mais de 40 anos, uma arte que passa de geração em geração. 

Para a escultora Ingrid Thaler, que trabalha com esta arte há mais de 35 anos, a Semana da Escultura é uma forma de trocar experiências e mostrar o trabalho artístico dos profissionais. “Com a produção das esculturas, a tradição da nossa família está sendo mantida por três gerações e estamos levando para a próxima. Acredito que este evento é uma oportunidade para quem nunca viu esta ação artesanal sendo feita, conhecer cada atelier de perto e os diferentes estilos de peças e ferramentas usadas. Quantas riquezas temos para ver e para mostrar. Parabéns às pessoas que empreendem aqui e às que ajudam a manter as tradições culturais de nossa cidade. Venham participar com a gente”, convida ela, ao destacar ainda, que no ano passado, já participou também de uma feira internacional de artesanato intermediada pelo Instituto Del, em Florianópolis, que foi tão importante para mostrar seus produtos e conseguir captar mais clientes”, frisa.

Ao longo dos dias, o evento vai oferecer exposição e venda de esculturas, além de atendimento ao público nos ateliers e concertos musicais integrados pelo Sommer Konzerte (Concerto de Verão), com a Banda dos Tiroleses.

Confira a Programação Oficial

9 DE FEVEREIRO

19 horas – Abertura oficial no Centro de atendimento ao turista, com exposição ampla e música

10 DE FEVEREIRO

Das 10 às 18 horas – Exposição e venda de esculturas e interação dos artistas com o público ao lado da Prefeitura –  venda de comida e bebida

20h15 – Bildhauerkonzert – Concerto da Banda dos Tiroleses

11 DE FEVEREIRO

Trabalho e atendimento ao público nos ateliers dos escultores

12 DE FEVEREIRO

Trabalho e atendimento ao público nos ateliers dos escultores

Das 14 às 18 horas – Oficina com Ingrid Thaler – Inscrição antecipada e vagas limitadas

(49) 99964-7117

13 DE FEVEREIRO

Trabalho e atendimento ao público nos ateliers dos escultores

Deixe um comentário