Assinado contrato para construção de ponte sobre o Arroio Marreco

0 111

Um sonho antigo da comunidade da Grande Coopagro está prestes a se tornar realidade. Foi assinado, de forma simbólica, na manhã de quinta-feira (11), o contrato para a construção da ponte sobre o Arroio Marreco, na extensão da Rua Ângela Zanella.

O edital licitatório estabelecia o valor de R$ 6.717.527,92, mas a CDA Engenharia Ltda. de Joinville, ofereceu R$ 5.436.522,41 (desconto de 19,07%) e sagrou-se vencedora do certame. Segundo o contrato, o prazo para entrega é de 240 dias a contar da emissão da ordem de serviço, o que deve ser na semana que vem.

Com 60 metros de extensão e 15 metros de largura, a ponte será construída em curva e terá ainda iluminação LED e passarela com 2,50 metros de largura e a 1 metro de altura da água, garantindo um grande ângulo de contemplação e interatividade com o meio natural. Além disso, haverá um mirante integrado à ponte, com parte do piso em vidro, dando uma perspectiva ampliada para o curso d’água.

O objetivo da administração municipal é contribuir para o encurtamento de distâncias, acompanhar a expansão urbana de Toledo e proporcionar mudança de hábitos de vida da população, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo. Além disso, busca-se superar uma realidade que bastante insegura na qual vários veículos passam pelo rio em meio ao paredão de rochas e a queda d´água localizada no entorno com o risco de serem levados pela correnteza em épocas com grandes volumes de chuva.

CELEBRAÇÃO E COMPROMISSO – Durante o ato simbólico de assinatura do contrato, o prefeito Beto Lunitti destacou a importância da obra. “Diante de tantas expectativas e da complexidade relacionadas a esta construção, realizamos esta reunião para celebrar e, ao mesmo tempo, alinhar detalhes entre todas as partes envolvidas”, explica. “Peço à construtora comprometimento quanto valores, qualidade de insumos e serviços e prazos, pois, infelizmente, temos um histórico de obras abandonadas. Para qualquer problema que surgir, estamos abertos ao diálogo a fim de buscar uma solução”, destaca o chefe do Executivo, que propôs reuniões periódicas entre servidores e representantes da empresa a cada 30 dias.

Após ouvir recomendações relacionadas às partes administrativa, estrutural, burocrática e financeira, os representantes da CDA Engenharia Ltda. falaram sobre as obras que já realizaram no Paraná. “Temos um histórico de obras públicas em vários municípios, como a construção de uma ponte sobre o Rio Pirapó em Jardim Olinda e a rodoviária de Umuarama, projeto que retomamos depois de ter sido abandonado. Vamos montar nosso canteiro no início de maio, mas já estamos cuidando de alguns detalhes para começarmos o projeto com tudo”, adianta.

TOLEDO

Deixe um comentário