Fluminense vira sobre Alianza Lima e termina fase de grupos invicto na Libertadores

0 141

O Fluminense venceu o Alianza Lima por 3×2 na última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Keno, Marcelo e John Kennedy foram os responsáveis pelos gols do clube carioca na partida disputada no Maracanã nesta quarta-feira (29), às 21h30. Com a vitória, o Tricolor avançou para as oitavas de final da competição na primeira posição, passando pela primeira vez na história de forma invicta.

+Atuações ENM: Marcelo é o melhor e John Kennedy é decisivo em virada do Fluminense; veja as notas

Com direito a um show de Marcelo, o Fluminense venceu o Alianza Lima após ficar atrás do placar duas vezes contra o adversário peruano, que não desistiu em nenhum momento. O atual campeão da Libertadores termina a fase de grupos com 14 pontos, de forma invicta, e agora corre em busca do bicampeonato.

PRIMEIRO TEMPO

O Fluminense enfrentou muitas dificuldades para encontrar espaços na defesa do Alianza Lima. A maioria dos passes no primeiro tempo foi sem objetivo. A situação ficou ainda mais complicada quando Arregui aproveitou a boa cobrança de escanteio de Lagos para abrir o marcador aos seis minutos de jogo.

Após sofrer o gol, o Fluminense tentou retomar o controle do jogo, criando boas jogadas de infiltração e cruzamentos na área. Aos 18 minutos, o lateral Marcelo cobrou um escanteio, e Keno cabeceou na trave. No rebote, John Kennedy não conseguiu marcar, e em seguida, a defesa do Alianza Lima afastou o perigo.

O Tricolor teve um verdadeiro jogo de paciência, precisando trocar muitos passes e contar com a movimentação constante de seus atacantes para encontrar espaços na defesa do Alianza Lima. A maior preocupação era evitar os contra-ataques adversários, que surgiam após a intensa pressão do Fluminense.

No primeiro tempo, houve muitas reclamações sobre algumas faltas que o árbitro da partida, Esteban Ostojich, não marcou a favor do Tricolor. Aos 30 minutos, o zagueiro Felipe Melo recebeu um cartão amarelo após perder a bola próximo à área e, em seguida, derrubar o atacante adversário. A saída para o intervalo foi marcada por muita insatisfação e descontentamento com a condução da arbitragem no jogo.

SEGUNDO TEMPO

A conversa com Fernando Diniz no intervalo pareceu surtir efeito, pois o Tricolor empatou logo no primeiro minuto do segundo tempo. Após um cruzamento de Marcelo e uma tentativa de afastar mal-sucedida do zagueiro Freyes, Marquinhos chutou para uma defesa de Saraiva, e no rebote, Keno marcou de cabeça para empatar o jogo no Maracanã.

Em menos de cinco minutos, já havia dois gols na partida. Sim! O atacante Serna acertou um belo chute, fazendo o segundo gol do Alianza Lima e colocando a equipe novamente à frente no placar. No entanto, o Fluminense manteve o mesmo ritmo e continuou sufocando o adversário. Marcelo, que se destacou ao longo do jogo, também deixou sua marca com um belo gol de fora da área. Com o empate, foram três gols em menos de dez minutos.

Ao longo da segunda etapa, as equipes foram perdendo intensidade, cometendo muitas faltas, e o árbitro começou a dar alguns cartões. Com muita movimentação e troca de passes, o Fluminense conseguiu marcar seu terceiro gol na partida e assumir a liderança no placar pela primeira vez. Após um belo passe de John Arias, John Kennedy soube aproveitar a bola enfiada e acertou um belo chute na saída do goleiro Saraiva.

+ Para saber tudo sobre o Fluminense, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram

Durante o desfecho do jogo, o tricolor soube controlar o adversário e trocar passes de forma consciente. A equipe peruana até ameaçou algumas vezes o gol do goleiro Fábio, porém sem sucesso. O time carioca mostra consistência e vai se consolidando na competição sul-americana.

Deixe um comentário