273 servidores estaduais concluem capacitação em Saúde Pública

Nesta terça-feira (06), 273 servidores finalizaram o curso de Aperfeiçoamento de Competências Essenciais em Saúde Pública promovido pela Secretaria estadual da Saúde, por meio da Escola Pública de Saúde do Paraná (ESPP). O objetivo da capacitação foi promover a Educação Permanente em Saúde, com aplicação de estímulo a práticas inovadoras de gestão

“A construção do Sistema Único de Saúde é feita diariamente por várias mãos e pensamentos. Cabe ao Estado o papel de agregar as instâncias gestoras, fazendo análises técnicas e responsáveis”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, na mensagem aos formandos, na cerimônia virtual de encerramento do curso.

“Para isso destacamos a metodologia de indicadores da saúde, baseada na ferramenta empresarial dos 5S. São os 5 Is que fazem a Saúde funcionar: incomodar-se, indignar-se, insistência, arte de ser inoxidável e de ser infinito em ações de benefício ao bem-estar e à vida do próximo”, disse o secretário.

Os participantes são profissionais do nível central da Sesa e das Regionais de Saúde com até cinco anos de efetivo exercício público. O conteúdo foi  elaborado por profissionais de referência da Secretaria da Saúde.

Do início ao fim da capacitação, os alunos foram acompanhados por 13 tutores selecionados, representantes de instituições ligadas às áreas de saúde, educação e pesquisa.

O diretor-geral da Sesa, Nestor Werner Junior, também participou do evento de encerramento e ressaltou os resultados positivos que deverão ser gerados a partir da capacitação. “Foram 200 horas de curso com a meta de qualificar os profissionais para os desafios do dia a dia da saúde”, disse.

O diretor da ESPP, Edvard Daniel, ressaltou o caráter inovador do curso e disse que o modelo será seguido para novos eventos. “Para o início do ano de 2022 já estamos organizando uma nova qualificação”, afirmou.

PARTICIPANTES – A servidora Flávia Fingel falou em nome dos alunos e agradeceu a realização da capacitação. “Foi uma oportunidade para ampliarmos os horizontes em relação à complexidade do Sistema Único de Saúde, um momento de imersão junto ao sistema com suas funcionalidades e especificidades, um conhecimento fundamental para nós servidores, que temos o objetivo final de atendermos melhor forma possível os usuários do SUS”, disse.

Da AEN