Coluna da ADI-PR
Saneamento
divulgação/Sanepar
Saneamento (Foto: divulgação/Sanepar)

Santa Terezinha de Itaipu e São Miguel do Iguaçu estão recebendo R$ 3 milhões em investimentos da Sanepar para a ampliar o atendimento com coleta e tratamento de esgoto nas duas cidades. Em Santa Terezinha de Itaipu serão atendidas 300 famílias do Parque dos Estados e em São Miguel do Iguaçu, mais 350 famílias dos bairros Renascer, Soster e Santa Ana.

Concurso

As prefeituras de Pinhais, Quatro Barras, São José dos Pinhais, Piên e Almirante Tamandaré estão com inscrições de concurso público para preencher 136 vagas que vão de coveiros a médicos. Os salários variam de R$ 998 a R$ 14.402. Hoje abrem as inscrições em Pinhais e Quatro Barras.

Candidato em Maringá

O presidente estadual do PSDB, deputado Paulo Litro, afirmou que o partido terá candidato a prefeito nas eleições em Maringá. “É uma das maiores e mais importantes cidades do Paraná e o PSDB não abrirá mão de candidatura própria à prefeitura. Vamos ampliar a atuação do diretório municipal, construir uma chapa forte para vereadores e apresentar novas opções para a população”, disse Paulo Litro. O empresário Evandro Oliveira e os ex-deputados Joel Coimbra e Evandro Júnior são os três pré-candidatos tucanos.

Empregos

Curitiba é a segunda capital brasileira que mais criou postos de trabalho entre janeiro e junho. O saldo é de 12.071 empregos atrás apenas de São Paulo (42.407 vagas). A capital paranaense ficou a frente de Brasília (12.313 vagas), Belo Horizonte (9.989), Manaus (5.114), São Luiz (4.142), Goiânia (4.025), Salvador (3.159), Vitória (2.382) e Campo Grande (1.926).

Leite para China

Os produtos lácteos do Paraná vão chegar ao maior mercado consumidor do mundo. No fim de julho, a China habilitou 24 estabelecimentos brasileiros a exportar derivados de leite ao país asiático. Quatro plantas são Paraná estão e três delas ficam em Marechal Cândido Rondon e uma em Rio Azul. Entre os produtos que podem ser exportados estão leite condensado, soro de leite em pó e queijos. Empresas de outros dois estados no sul foram credenciados: seis no Rio Grande do Sul e dois em Santa Catarina.

Comércio em alta

Pesquisa da Fecomércio do Paraná aponta que 59,3% dos empresários têm expectativa alta para o segundo semestre. O estudo que mede a previsão de faturamento das empresas, não apontava nível de expectativa tão expressivo desde 2011, quando o índice foi de 71%. No segundo semestre tem as datas comemorativas do Dia dos Pais, Dia das Crianças, Black Friday e Natal, além do pagamento de 13º salário.

Turismo em alta

Entre os três setores representados pela Fecomércio, os empresários que atuam no turismo são os mais otimistas com 76,4%. Este segmento apresentou crescimento maior em relação ao primeiro semestre, quando a confiança foi de 74,1%. O comércio tem 54,3% dos empresários otimistas - na pesquisa anterior eram 76,4%. Já o setor de serviços tem 59% dos empresários confiantes, ante 67,1% no primeiro semestre.

Dívidas

O número de famílias endividadas no Paraná em junho aumentou, tanto em relação com maio como ao ano anterior. Segundo pesquisa da Confederação Nacional do Comércio divulgada pela Fecomércio, 90,6% dos paranaenses têm algum tipo de dívida. As contas em atraso abrangem 28,5% dos e a falta de condições de pagamento atinge a 10,4% das famílias com contas atrasadas.  A média nacional de endividamento ficou em 64% da população.

Decisões monocráticas

Está na pauta de votação do Senado, a PEC de autoria de Oriovisto Guimarães (Pode-PR) que limita as decisões monocráticas dos ministros do STF em processos que afetem políticas públicas ou suspendam tramitação legislativa. A proposta também fixa em quatro meses o prazo máximo de duração dos pedidos de vistas na Corte. Oriovisto pretende acabar ainda com a duração por longos períodos dos efeitos das liminares.

Portos clandestinos

A imprensa paraguaia levantou que no lago Itaipu entre Foz do Iguaçu e Guaíra, no lado brasileiro, e Hernandarias e Salto del Guairá, no lado paraguaio, foram identificados pelo menos 261 portos utilizados pelo tráfico, contrabando e descaminho. São 170 portos clandestinos no lado paraguaio e mais 91 no lado brasileiro. 

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br