Rede municipal de ensino de Toledo avança no IDEB e atinge nota 6,9 em 2023

0 739

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta segunda-feira (15) os resultados preliminares do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) referente a 2023. O município de Toledo no IDEB atingiu a nota média de 6,9, a maior desde 2007, quando a avaliação, da forma como a conhecemos, passou a ser realizada a cada dois anos nas Séries Iniciais (1º ao 5º ano) do Ensino Fundamental. 

Este índice está acima dos bons resultados obtidos em 2017 (6,5) e 2019 (6,7), bem como marca a superação das dificuldades detectadas na edição de 2021, quando a média foi de 6,2. Tal recuo é justificado pela defasagem ocasionada pelo ensino remoto, necessário nos piores momentos da pandemia de Covid-19. 

TOLEDO NO IDEB

De acordo com a secretária da Educação, Dirce Maria Steffens Kuzler, este sucesso não seria possível sem o empenho extraordinário de professores, diretores e coordenadores das 30 escolas da rede municipal de ensino de Toledo. “A eles, cabe um reconhecimento especial pela resiliência e inovação constante em suas práticas pedagógicas e administrativas. O compromisso desses profissionais com a educação de qualidade não apenas eleva o padrão de ensino, mas também transforma vidas e fortalece toda a comunidade”, destaca.

Dirce não esconde seu orgulho pelos resultados alcançados no Ideb realizado em 2023. “Estamos extremamente satisfeitos com este avanço. O índice 6,9 é uma clara demonstração do comprometimento e da paixão dos nossos professores, coordenadores e diretores, um progresso que é fruto do trabalho contínuo e integrado de toda a rede de ensino de Toledo. A evolução nos índices nos últimos anos reflete uma trajetória de melhorias significativas e nos motiva a continuar investindo e apoiando nossas escolas”, salienta. “Não se trata somente de um número, mas do resultado de uma série de fatores, entre eles, a importância fundamental da frequência escolar e a parceria entre escolas e famílias. Manter uma alta frequência escolar é crucial, pois cada dia de aula conta na formação acadêmica e pessoal dos estudantes. A presença constante dos alunos permite que eles participem integralmente dos programas e intervenções pedagógicas, o que é essencial para um aprendizado contínuo e consistente”, acrescenta.

Deixe um comentário